DECO ajuda consumidores na migração para a TDT

0
313
TDT - CONTACTOS DECO 1
O apagão do sinal analógico começou no litoral do País. A DECO solicita o seu testemunho para divulgar os problemas e o impacto real desta mudança junto da ANACOM.

Com o início do apagão do sinal analógico no litoral do país, começa, verdadeiramente, o processo de implementação da televisão digital terrestre em Portugal.

No seguimento das muitas dúvidas que diferentes entidades e vários consumidores foram suscitando na fase de preparação da TDT em Portugal, a ANACOM decidiu fasear o desligamento do sinal de televisão analógico previsto para o litoral na primeira fase. No entender da DECO adiar por adiar não é solução. Importa conhecer as medidas e ações retificativas que o Regulador propõe para que este processo ocorra de forma pacífica, sem transtorno e com vantagens para os consumidores portugueses.

Nesta nota de imprensa, a DECO acrescenta ainda, que, “Para levar a cabo o nosso compromisso na defesa dos interesses dos consumidores portugueses, criámos canais próprios para responder às suas dúvidas ou direcionar as suas queixas.

Todos os consumidores que pretendam reclamar, basta que preencham o formulário existente no nosso portal (em www.deco.proteste.pt). As queixas recebidas, depois de analisadas, serão direcionadas para a PT ou ANACOM.

Para o esclarecimento de dúvidas, basta enviar-nos uma mensagem para o endereço de correio eletrónico: [email protected] ou contactar-nos através dos números de telefone 808 780 050 (acessível, apenas, de número fixo) ou 218 410 890 (para fixos e telemóveis).

TDT - CONTACTOS DECO 1

Este é o momento para se perceber se estavam, efetivamente, reunidas as condições necessárias para completar a primeira fase, como referia a entidade reguladora. Os consumidores exigem agora conhecer os dados e motivos para este faseamento, bem como as ações previstas para melhorar as condições para a transição”.

DECO – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui