Falhas na receção do sinal da TDT

0
170
logo deco
logo deco“Ouvi recentemente que a DECO elaborou um estudo onde aponta falhas na receção do sinal da TDT. Eu sou uma dessas pessoas afetadas , o que devo fazer?”

A DECO informa…

Se o seu serviço não tem qualidade, reclame no formulário dedicado ao registo dos consumidores com problemas de qualidade na receção do sinal TDT, no nosso sítio da Internet. A DECO reencaminhará todas as situações à Portugal Telecom e dará conhecimento à ANACOM para tratamento prioritário.

Se porventura já utilizou o formulário antes e continua com problemas na imagem, preencha uma nova queixa para apelar àquelas entidades para a solução do seu problema individual.

Sem prejuízo das medidas que venham a ser implementadas na sequência de um processo de consulta pública aberto pela ANACOM, as ações tardarão. Até lá, os consumidores têm o direito a aceder a este serviço com a qualidade exigível.

Os números refletem o descontentamento para o qual alertamos ao longo de todo o processo da mudança para TDT: 62% dos inquiridos apontam falhas na receção do sinal.

Por outro lado, o custo da mudança é o segundo comentário negativo mais referido. A conta da adaptação para a TDT, via terrestre, ascendeu na maioria dos casos até €99. Esta quantia não inclui despesas com um novo televisor, uma despesa a somar à fatura em 15% dos lares.

Durante a mudança, foram feitas várias denúncias de aproveitamento da TDT, pelas operadoras de telecomunicações, convencendo os portugueses a subscreverem um serviço de televisão pago. Esta prática foi mesmo condenada pela ANACOM. Dos 71% de lares portugueses que têm televisão paga, mais de 5% tornaram-se clientes durante o último ano devido às dificuldades encontradas na mudança para a TDT ou porque consideraram ficar mais barato.

DECO – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui