Abertas candidaturas à 4ª Edição do Prémio Curtas sobre Esclerose Múltipla.

0
231
logo2016

logo2016Prémio desafia jovens a fazer uma curta-metragem sobre Esclerose Múltipla.

O Prémio Curtas – Esclerose Múltipla incentiva a realização de curtas-metragens que promovam o conhecimento sobre a doença

Estudantes ou amadores, entre os 18 e os 35 anos, podem submeter a sua candidatura até ao dia 28 de abril de 2017

O melhor filme ganha um prémio monetário no valor de 2.000 euros (escolha do júri) e/ou 1.500 euros (escolha do público)

Lisboa, 2 de janeiro de 2017 Já estão abertas as candidaturas à 4ª Edição do Prémio Curtas – Esclerose Múltipla, uma iniciativa dirigida a estudantes das áreas do cinema e audiovisual ou amadores com o gosto pela área cinematográfica, entre os 18 e 35 anos, que queiram fazer uma curta-metragem e documentar como é viver com Esclerose Múltipla.

O Prémio Curtas contempla a possibilidade de existir um vencedor na categoria Escolha do Júri (2.000 euros) e outro na Escolha do Público (1.500 euros), resultado da votação feita pelo público no site do Prémio Curtas, http://www.premioemcurtas.pt ou que o vencedor nas duas categorias seja o mesmo. Neste caso ao vencedor único será atribuído o valor dos dois prémios (3.500 euros).

O júri desta edição é composto por Mário Gabriel Bonito, representante do ICA; Cristina Campos, Diretora Geral da Novartis; Gonçalo Galvão Teles, realizador português; Teresa Tavares, atriz portuguesa; Joaquim Pinheiro, médico neurologista; e representantes das três Associações de Doentes com Esclerose Múltipla: ANEM, SPEM e TEM.

Esta iniciativa é promovida pela Novartis, em parceria com o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), e conta com o apoio de doze Escolas:

Escola de Tecnologias, Inovação e Criação (ETIC);

Escola Superior de Artes e Design (ESAD);

Escola Superior de Artes e Design do Instituto Politécnico de Leiria

Escola Superior de Comunicação Social (ESCS);

Escola Superior de Media Artes e Design (ESMAD) do Instituto Politécnico do Porto

Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC);

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa;

Instituto de Criatividade, Artes e Novas Tecnologias (Restart);

Escola Superior de Tecnologia de Abrantes do Instituto Politécnico de Tomar;

Universidade de Aveiro;

Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro;

Universidade Lusófona.

As candidaturas estão abertas até ao final do dia 28 de abril de 2017. Os vencedores serão conhecidos por altura do Dia Mundial da Esclerose Múltipla, que se assinala a 31 de Maio.

Mais informações sobre o Prémio e Regulamento disponíveis em: http://www.premioemcurtas.pt

Sobre a Esclerose Múltipla

A esclerose múltipla afeta cerca de 5.000 portugueses1. Em todo o mundo são mais de 2,3 milhões de pessoas2 com esta doença inflamatória crónica do sistema nervoso central que se manifesta em jovens adultos, entre os 20 e os 40 anos de idade, e que interfere com a capacidade do doente em controlar funções como a visão, a locomoção, e o equilíbrio. As mulheres têm duas vezes mais probabilidades de desenvolver esta doença do que os homens3,4. A esclerose múltipla tem um impacto significativo na qualidade de vida dos doentes e das suas famílias5,6. Mais de 90% das pessoas com esclerose múltipla queixam-se de fadiga, constituindo um dos sintomas com maior impacto na qualidade de vida e produtividade dos doentes.7

Sobre a Novartis

A Novartis fornece soluções de saúde inovadoras destinadas a dar resposta às necessidades em constante evolução dos doentes e da sociedade. Sediada em Basileia, na Suíça, a Novartis dispõe de um portefólio diversificado para responder da forma mais adequada a essas necessidades: medicamentos inovadores, cuidados oculares e genéricos económicos. A Novartis é a única empresa global com posições de liderança em todas estas áreas. As empresas do Grupo Novartis empregam aproximadamente 120 mil colaboradores, desempenhando as suas atividades em mais de 180 países. Para obter mais informações, visite www.novartis.com

Referências

1 http://www.anem.org.pt/menu-anem/esclerosemultipla.htm

2 Multiple Sclerosis International Federation. What is MS) [online]. Available at: http://www.msif.org/about-ms/what-is-ms/. Accessed Feb 2015.

3 Compston A, Coles A. Multiple sclerosis. Lancet 2002;359(9313):1221-1231.

4 Confavreux C, Aimard G, Devic M. Course and prognosis of multiple sclerosis assessed by the computerized data processing of 349 patients. Brain 1980;103(2):281-300.

5 Riazi A, Hobart JC, Lamping DL, et al. Using the SF-36 measure to compare the health impact of multiple sclerosis and Parkinson’s disease with normal population health profiles. J Neurol Neurosurg Psychiatry 2003;74(6):710-714.

6Aronson KJ. Quality of life among persons with multiple sclerosis and their caregivers. Neurology 1997;48(1):74-80.

7 Multiple Sclerosis International Federation. http://www.msif.org/wp-content/uploads/2014/09/MS-in-focus-19-Fatigue-English.pdf. Accessed Feb 2015.

 

Fonte: LPM Comunicação

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui