“Conversas com Vida Dentro” no Teatro Lethes em Faro

0
265

Conversas com Vida Dentro, por José Mário Branco – Autor / Compositor / Intérprete, dia 18 de março, às 21h30, com entrada livre, no Teatro Lethes em Faro.

Conversas com Vida Dentro são experiências de personalidades muito diversificadas, e que para nós são importantes porque nos fazem crescer e, assim, cumprir mais cabalmente a nossa missão.

Um dia disse ao Zé Mário “Gostaria muito que fosses cantar ao Lethes” e ele respondeu-me “Para cantar não contes comigo porque deixei de cantar em público; para conversar com as pessoas tens-me à disposição”. Passados quase dois anos sob esta brevíssima conversa, liguei-lhe a recordá-la e indiquei-lhe datas possíveis. E o Zé Mário respondeu-me “Marca para 18 de Março”. E cá o teremos, a ele, cidadão do mundo, sempre solidário e pronto a ser, com o seu saber e a sua Arte, servidor de nós todos.

Luís Vicente

o experiências de personalidades muito diversificadas, e que para nós são importantes porque nos fazem crescer e, assim, cumprir mais cabalmente a nossa missão.

Um dia disse ao Zé Mário “Gostaria muito que fosses cantar ao Lethes” e ele respondeu-me “Para cantar não contes comigo porque deixei de cantar em público; para conversar com as pessoas tens-me à disposição”. Passados quase dois anos sob esta brevíssima conversa, liguei-lhe a recordá-la e indiquei-lhe datas possíveis. E o Zé Mário respondeu-me “Marca para 18 de Março”. E cá o teremos, a ele, cidadão do mundo, sempre solidário e pronto a ser, com o seu saber e a sua Arte, servidor de nós todos.
Luís Vicente

Conversas com Vida Dentro são experiências de personalidades muito diversificadas, e que para nós são importantes porque nos fazem crescer e, assim, cumprir mais cabalmente a nossa missão.
Um dia disse ao Zé Mário “Gostaria muito que fosses cantar ao Lethes” e ele respondeu-me “Para cantar não contes comigo porque deixei de cantar em público; para conversar com as pessoas tens-me à disposição”. Passados quase dois anos sob esta brevíssima conversa, liguei-lhe a recordá-la e indiquei-lhe datas possíveis. E o Zé Mário respondeu-me “Marca para 18 de Março”. E cá o teremos, a ele, cidadão do mundo, sempre solidário e pronto a ser, com o seu saber e a sua Arte, servidor de nós todos.
Luís Vicente

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui