Lagos | Inscrições abertas para o OTL – VIVER o VERÃO 2018

0
237
VeraoLagosOTL

Desde o seu início, no ano de 2003, que o projeto da autarquia “OTL – VIVER o VERÃO” tem contado com forte participação por parte das crianças e jovens do concelho. Uma vez mais, e considerando o sucesso do mesmo, a Câmara Municipal e as Juntas de Freguesia voltam a organizar um conjunto de atividades de Ocupação de Tempos Livres para o verão.

As inscrições para os monitores já se encontram abertas.

O “VIVER o VERÃO” tem como principais objetivos promover atividades de ocupação de tempos livres, desenvolver competências pessoais e sociais; formar e educar para a cidadania; motivar o desenvolvimento das capacidades criativas e incentivar a prática desportiva e a adoção de hábitos saudáveis. Recorde-se que este programa é direcionado a crianças dos 6 aos 15 anos, e decorre entre 2 de julho e 31 de agosto. No desenvolvimento das várias atividades, os participantes mais pequenos são sempre acompanhados por jovens monitores selecionados pela Câmara Municipal especificamente para este efeito (com idades compreendidas entre os 16 e os 29 anos). As iniciativas a desenvolver nestes dois meses são de cariz lúdico, pedagógico, desportivo, cultural, ambiental e social e o local de acolhimento diário será no Espaço Jovem (no caso dos participantes inscritos no Núcleo de Lagos), na sede do Clube Estrela Desportiva de Bensafrim (participantes inscritos no Núcleo de Bensafrim), na sede do Clube Recreativo, Cultural e Desportivo Luzense (para participantes inscritos no Núcleo da Praia da Luz) e no Clube Desportivo de Odiáxere (participantes inscritos no Núcleo de Odiáxere).

As inscrições, para os jovens monitores (residentes nos concelhos de Lagos, Aljezur e Vila do Bispo), estão disponíveis até 27 de abril em, www.viveroverao.com. A abertura das inscrições para as crianças estão previstas para o próximo mês – entre 7 e 20 de maio).

Sublinhe-se que, desde o início do OTL VIVER o VERÃO, a principal preocupação da Câmara de Lagos tem sido o de apoiar as famílias do concelho, numa época do ano em que naturalmente, e decorrente de uma maior afluência de visitantes, existe um acréscimo de trabalho no município, o que leva a que muitos pais não tenham onde deixar os seus filhos. Este ano, esta iniciativa implicou um investimento global por parte da autarquia e das juntas de freguesia na ordem dos cem mil euros.

Fonte: SC da CM LagosVeraoLagosOTL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui