3ª Semana da Hipertensão: A Pandemia Silenciosa – Webinares Temáticos e Atividades Online

0
220
Hipertensao1

Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH) assinala a partir de 16 de maio a 3ª Semana da Hipertensão tendo em conta os cuidados necessários devido à pandemia. A semana, que decorre de 16 a 24 de maio, quer sensibilizar a comunidade para o tema e alertar para a importância da prevenção e do tratamento adequado da hipertensão arterial (HTA), mais uma vez através de canais digitais para chegar a todos, em casa ou fora dela. 

As atividades online previstas passam por webinares temáticos em formato digital através de plataformas web que permitem esclarecer dúvidas, orientar na prática do exercício físico e de uma alimentação adequada. A SPH quer desconstruir mitos relacionados com o dia-a-dia de um doente hipertenso, incentivar a atividade física regular e uma alimentação saudável com baixo teor de sal. E relembrar a importância de cumprir a toma da medicação prescrita. 

Luís Bronze, presidente da SPH refere que “a hipertensão é apropriadamente apelidada de ‘doença silenciosa’, não tem sintomas, não se manifesta e, em grande parte dos casos, só é detetada quando é ativamente avaliada. Está intrinsecamente ligada a doenças cardiovasculares graves, como o acidente vascular cerebral ou o enfarte do miocárdio – entidades clínicas prevalentes, associáveis quer a mortalidade aguda, quer a incapacidade crónica. A Hipertensão Arterial já é uma pandemia, a única diferença, em relação à pandemia em que atualmente vivemos, é a de que o contágio não depende de um vírus agressivo. O contágio é cultural, mas tem, como é reconhecido, dimensões virais e semelhante perigosidade”

Durante a Semana da HTA assinala-se o Dia Mundial da Hipertensão a 17 de maio, promovido mundialmente pela World Hypertension League com o objetivo de aumentar a consciencialização sobre a HTA em toda a população no mundo. Este ano a tónica é ‘Meça sua pressão arterial, controle-a, viva mais’.

Sobre a Hipertensão:

A hipertensão, ou também conhecida como ‘tensão alta’, é uma doença crónica que não apresenta sintomas mas afeta e danifica artérias e vários órgãos vitais do corpo humano. Mundialmente esta patologia mata cerca 9,4 milhões de pessoas por ano, estimando-se que afete outros 1.5 biliões. Em Portugal, a hipertensão atinge 42,2% da população adulta, mas cerca de ¼ dos hipertensos desconhece que tem a doença e só 74,9% dos hipertensos estão medicados. Atualmente 42,6% das pessoas com hipertensão têm a doença controlada. Um outro fator preocupante é que uma percentagem cada vez maior dos jovens e crianças sofre de hipertensão, o que se deve ao consumo excessivo de sal aliado à falta de exercício físico e à obesidade que se verifica.

Sobre a Sociedade Portuguesa de Hipertensão:

A Sociedade Portuguesa de Hipertensão foi registada em julho de 2004, por um grupo de médicos interessados por hipertensão arterial. A crescente prevalência da Hipertensão Arterial e a necessidade de alertar a população para os riscos e para a prevenção da hipertensão arterial motivou a fundação desta sociedade científica. O fator que mais contribuiu para a criação desta sociedade foi o facto da hipertensão arterial ser uma doença transversal a várias áreas médicas como a medicina interna, a medicina familiar, a cardiologia, a nefrologia, a endocrinologia, a epidemiologia, a genética, o nutricionismo, a farmacologia e a saúde pública. A criação desta entidade surge também da necessidade de representar Portugal nas reuniões das Sociedades de Hipertensão Europeia e Internacional.

CFHipertensao1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui