Tavira | “Jardins Alimentares” Mapeamento de Espaços com Potencial – OP Tavira 2020/21

0
104
JardisnAlimentares
A proposta Jardins Alimentares do OP Tavira 2020/21 teve uma primeira reunião com a CMT e há verba para os jardins alimentares, que merecidamente devem ser dotados, afinal são 148 votantes que em consciência elegeram a proposta.
 
Se gostaria de propor espaços para implementar uma dinâmica de jardins alimentares, envie mapeamento de:
– fotografias
– coordenadas gps
– dinâmicas a aplicar (hortícolas, árvores de fruto ou compostoras, etc.) 
– contacto dos cuidadores
Até dia 29 de Julho queremos entregar à comissão do OP Tavira todas as sinalizações e propostas de espaços. É importante ter em conta que nem todos os espaços poderão ser contemplados mas muitos o serão.
 
Quem quer ajudar? Quem mais podemos integrar neste trabalho de campo? Quem conhece zonas “giras” e cuidadores interessados?
Vamos iniciar a criação de equipas?
 
Para enviar os detalhes com a proposta do espaço contacte o e-mail: [email protected], ou contacte o grupo de Facebook: Jardins Alimentares.
Objetivo (s) 
Tornar Tavira o primeiro concelho de jardins alimentares no Algarve, promovendo a segurança alimentar e o consumo adequado de alimentos, junto da comunidade. 
Tornar Tavira o primeiro concelho de jardins alimentares no Algarve, transformando o espaço público num espaço interpretativo e com utilidade alimentar, replicando algum acervo vegetal da coleção de variedades fruteiras do CEAT pela cidade, ao mesmo tempo que disponibiliza aos munícipes a possibilidade de aprender a cultivar alimentos saudáveis e sazonais, embelezando a cidade e promovendo a segurança alimentar e o consumo adequado de alimentos.  
Público-alvo
Este projeto transversal beneficia todos os cidadãos sem excepção: crianças, jovens, adultos, idosos, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, comerciantes, chefes, transeuntes da via pública, visitantes e cidadãos comuns. Qualquer habitante com interesse a trabalhar na sua auto sustentabilidade através da criação dum sistema alimentar local, participado e transformador do espaço urbano em espaço de vivência e de alimentação através da recuperação, valorização e transformação de espaços públicos, que possam estar atualmente sem maior utilização, em espaços de acolhimento à produção agrícola comunitária.
 
Comissão Jardins Alimentares
JardisnAlimentares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui