PAN anuncia candidatura de Maria Alves à Junta de Freguesia de Monte Gordo

0
379
MariaAlvesPAN

Maria da Conceição dos Reis Farinha Alves, 56 anos, profissional do ensino e ativista na causa animal, irá liderar o projeto político do PAN em Monte Gordo.

A candidata pretende seguir as linhas diretoras da candidatura ao concelho já existente e refere também algumas das medidas que pretende implementar em Monte Gordo.

A nível ambiental, será dada especial atenção à zona da linha das praias, defendendo o seu devido cuidado: “É imperativo cuidar das nossas praias com ações regulares de limpeza. A sensibilização e fiscalização referente ao lixo deixado nas praias, principalmente no verão, mas também devido à atividade piscatória, é da responsabilidade da Freguesia.

Ainda neste âmbito, O PAN também defende uma melhoria na eficiência energética, de forma a usar energias sustentáveis localmente, para combater a pobreza energética, e também para reduzir custos para as próprias empresas locais a nível energético. “Dessa forma o ambiente também agradece”, refere Maria Alves.

Na área do bem-estar e proteção animal, Maria Alves prevê a realização de campanhas de sensibilização e de programas educativos junto da comunidade escolar e da população local. Afirma ainda que “a Junta de Freguesia de Monte Gordo deve ter uma atitude mais proativa no que toca à identificação de colónias para realizar os seus cuidados médico-veterinários e esterilizações, consoante o regulamento do bem-estar animal que será imediatamente aplicado, caso o PAN se torne executivo no Concelho.

Em matéria de   Parqueamento a candidata refere:

“Com uma Junta de Freguesia PAN, os Montegordinos terão uma gestão de parqueamento responsável, pois teremos que ver se as empresas concessionárias estão a fazer o seu devido trabalho, para que as pessoas não se deparem com as suas zonas pedestres obstruídas devido ao amontoado de carros que vemos, principalmente na altura do verão, e queremos garantir alternativas de estacionamento local periférico, tendo sempre em consideração a redução de veículos na localidade, com especial preocupação nas zonas centrais de maior congestionamento de transito.

Para isso propomos alternativas de mobilidade ecologicamente sustentáveis, como por exemplo o acesso a bicicletas, e queremos garantir também os acessos para as pessoas com mobilidade reduzida,” refere a candidata.

A nível social, pretende implementar planos de recapacitação profissional, no sentido de poder dar novas opções de formação e trabalho a pessoas que vejam as suas atividades locais reduzidas, seja  por falta de resiliência económica das suas atividades ou questões de redução de pegada ecológica e/ou por extinção da exploração animal, como o caso das pescas ou do transporte turístico animal feito por carroças.

Ainda neste âmbito, afirma que é preciso dar mais vida à Freguesia, pois já que uma das maiores receitas locais é a do turismo, e é preciso entrelaçar esta atividade com outras, como por exemplo a atividade cultural visível e necessária nas ruas.

“A população de Monte Gordo está desiludida com o poder local. Com uma Junta de freguesia PAN, Monte Gordo será uma vila cuidada, com rigor e transparência, com a merecida atenção no nosso património material, cultural, e natural, e no bem-estar animal. Avançamos com esta candidatura pelas pessoas, pelos animais e pela natureza de Monte Gordo” Conclui a candidata do PAN, Maria Alves.

PANMariaAlvesPAN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui