AMAL | Execução do PART para 2022 tem Novas Regras

0
158
AutocarroVAMUS

A execução do PART – Programa de Apoio à Redução Tarifária dos Transportes Públicos sofreu alterações para 2022. O desconto nos tarifários dos transportes públicos mantém-se, mas com alterações no valor máximo dos passes, ao nível do transporte rodoviário.

Recorde-se que este Programa, criado em 2019, visa atrair passageiros para o transporte coletivo, incentivando a população em geral a adotar hábitos de mobilidade mais sustentáveis e apoiando as autoridades de transporte com uma verba anual, que lhes permita operar um criterioso ajustamento tarifário e da oferta, no valor total de cerca de 1,4 milhões de euros. Este apoio financeiro provém do Fundo Ambiental e dos Municípios.

Para 2022, foram recentemente aprovadas alterações, no que diz respeito ao transporte rodoviário. Para este transporte deixa de existir o tecto máximo dos 40€ para os passes mensais, à semelhança do que já acontece desde maio de 2021 no transporte ferroviário, mantendo os passageiros o benefício de um desconto aplicado pela AMAL de 50%, em relação ao preço total do passe.

Refira-se que esta alteração foi aprovada, uma vez que a fixação de um valor máximo de 40 € no valor do passe gerou, nos últimos dois anos, sobretudo no ferroviário, um aumento na venda de passes de escalões mais elevados. Essa situação condicionou o financiamento total, aos operadores de transporte, dos descontos tarifários aprovados.

Sublinhe-se que a implementação deste programa apenas é possível com o financiamento da administração central e local, que garantem o sucesso da medida, reduzindo os encargos com as deslocações e dando um passo importante em termos ambientais, reduzindo os automóveis na via pública e os níveis de poluição atmosférica.

Para melhorar a qualidade de vida e mobilidade na região algarvia, a AMAL está também já a trabalhar noutras soluções, nomeadamente na introdução de um passe único que vai permitir aos residentes e visitantes utilizarem os transportes públicos da Região através de um único título de transporte. Uma medida que, acredita a AMAL, poderá contribuir para a migração do transporte individual para o transporte público nas deslocações diárias no Algarve. Prevê-se que esta medida possa ser implementada durante o ano de 2022.

WLPAutocarroVAMUS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui