Auchan está com a AMI e a Cruz Vermelha no apoio a Refugiados

0
434
AuchanRefugiados
  • “Todo o apoio é pouco” é a campanha nacional cuja totalidade do valor angariado será entregue à AMI para fazer face à situação de emergência social
  • O Centro de Acolhimento de Emergência de Lisboa da Cruz Vermelha está a ser preparado para receber refugiados, tendo a Auchan disponibilizado 10 mil euros para equipamento do espaço

A Auchan Retail Portugal alia-se, uma vez mais, à AMI e à Cruz Vermelha Portuguesa, para responder à situação de emergência social motivada pela crise dos refugiados da Ucrânia. A iniciativa “Todo o apoio é pouco”, cujo objetivo é auxiliar, em saúde e alimentação, os refugiados na zona fronteiriça da Hungria e em Portugal, tem por base a venda de vales de 1€, 3€ e 5€, em todas as lojas Auchan, My Auchan e em Auchan.pt, onde a totalidade do valor angariado é entregue à AMI para apoiar quem mais precisa. Já com a Cruz Vermelha, a Auchan uniu-se para apoiar o Centro de Acolhimento de Emergência de Lisboa, com a doação de 10 mil euros para equipamento deste espaço.

Depois de realizado um levantamento de necessidades no terreno, por equipas que se encontram na Hungria – um dos vários destinos da população ucraniana que atravessa a fronteira para fugir do conflito do país -, a AMI avança agora para uma ação de apoio aos refugiados e ​prepara em Portugal o trabalho de apoio social em rede nos seus Centros Porta Amiga. Já a Cruz Vermelha Portuguesa, com o Centro de Acolhimento de Emergência, prepara-se para receber refugiados, em coordenação com a Proteção Civil Municipal de Lisboa, com as autoridades de saúde, com o Alto Comissariado para as Migrações e com a Junta de Freguesia de Campolide, contando agora com o apoio da Auchan Retail Portugal para disponibilizar equipamento.

A nossa relação com a AMI e com a Cruz Vermelha Portuguesa já tem muitos anos e, numa altura como esta, fazia todo o sentido aliarmo-nos de novo. Com a experiência de ambas no terreno, e a ajuda dos nossos clientes, esperamos minimizar os impactos desta crise que está a atingir toda a Europa, apoiando os refugiados e respondendo às suas necessidades essenciais“, sublinha Paulo Monteiro, Diretor de Responsabilidade Social e Corporativa da Auchan,

Perante a crise humanitária na Ucrânia, a AMI não podia ficar indiferente. É urgente o apoio organizado a quem se viu obrigado a abandonar a sua casa e o seu país para procurar segurança para a sua família. Agradecemos, por isso, ao Grupo Auchan por apoiar, mais uma vez, a nossa Missão. É fundamental este trabalho concertado e sustentado entre organizações humanitárias e empresas em prol do Ser Humano e da Paz.”, realça Fernando Nobre, Presidente da AMI.

“Iniciativas como esta são de extrema importância para a capacidade de resposta da Cruz Vermelha neste contexto de conflitos que se vive na Ucrânia. A Cruz Vermelha e o Crescente Vermelho já apoiaram mais de 2 milhões de pessoas nas zonas de conflitos e a cada dia que passa chegam a Portugal mais famílias, oriundas da Ucrânia, que fogem do seu país, muitas vezes, apenas com a roupa que trazem vestida. A resposta a estas pessoas é emergente e na Cruz Vermelha estamos a trabalhar diariamente para garantir a satisfação das necessidades básicas, nomeadamente abrigo, alimentação, saúde, informação/esclarecimentos, para uma melhor integração. Parceiros como a Auchan, sempre fieis a boas causas, permitem que consigamos melhorar a nossa intervenção junto de quem mais precisa“, afirma Sara Valente, Diretora Geral da Cruz Vermelha Portuguesa.

Para fazer face a esta situação, a Auchan Retail Portugal tem ainda colaborado, com várias Autarquias, no fornecimento de material de embalagem e transporte de donativos a serem enviados para apoio aos refugiados ucranianos.

campanha de vales decorre até 25 de março em todas as lojas Auchan, My Auchan e em Auchan.pt

HK StrategiesAuchanRefugiados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui