Olhão | Treino Operacional de Resposta em caso de Acidente na A22

0
130
TreinoAcidente1

Os agentes de Proteção Civil incumbidos de responder em caso de acidente de viação na A22 tiveram esta tarde oportunidade de testarem no terreno o Plano Prévio de Intervenção para aquela via rodoviária.

O treino decorreu em Olhão, no sentido Olhão-Tavira, logo após o acesso à autoestrada. No “acidente” estiveram envolvidas três viaturas, das quais duas acabaram por ser projetadas para fora da A22, o que aumentou o grau de dificuldade da resposta dos agentes Proteção Civil. Ao todo, foi necessário assistir oito vítimas.

“O Plano Prévio de Intervenção prevê grelhas em que são despachados automaticamente os meios correspondentes em função da gravidade do acidente”, explica Luís Gomes, comandante dos Bombeiros Municipais de Olhão, os primeiros a chegar ao local do acidente.

Devido à gravidade da ocorrência, foram, também, acionadas as corporações de Tavira, S. Brás de Alportel, Faro e Loulé, para além do INEM, da GNR e da concessionária da autoestrada.

Para Luís Gomes, o balanço do treino operacional é positivo, na medida em que confirmou na prática a prontidão da resposta e a articulação entre as várias entidades envolvidas numa situação desta natureza: “Só treinando podemos identificar o que podemos melhorar e como podemos evoluir na resposta a este tipo de ocorrências”.

As operações foram acompanhadas de perto pela vice-presidente da autarquia, a vereadora Elsa Parreira.

Mun OlhãoTreinoAcidente1TreinoAcidente5TreinoAcidente3TreinoAcidente2