‘Fundação Inatel’ Sentenciada a Reintegrar Trabalhadora Despedida em Albufeira

0
49
InatelAlbufeira

Por sentença do Tribunal da Relação de Évora, do passado dia 24 de Março, a Fundação INATEL viu-se obrigada a reintegrar a trabalhadora Joana Coelho, que tinha sido despedida 2020. A trabalhadora reiniciou as suas funções de recepcionista no INATEL Albufeira, hoje, dia 4 de Abril, onde foi fraternalmente recebida pelo dirigente e delegado sindical Nelson Trindade e restantes colegas.

A Direcção do sindicato, que acompanhou a situação desde o início e prestou o respectivo apoio jurídico, felicita a sua sócia Joana Coelho pela sua coragem e determinação na luta contra o seu despedimento, que a Direcção do sindicato sempre considerou ser ilícito.

Este é mais um exemplo que demonstra a justeza da luta do sindicato e, neste caso em concreto, da sua sócia Joana Coelho, que não se conformaram com o injusto e ilegal despedimento levado a cabo pela Fundação INATEL.

A Direcção do Sindicato da Hotelaria do Algarve congratula-se por este desfecho e apela aos restantes trabalhadores da Fundação INATEL e demais trabalhadores dos sectores do alojamento, restauração e similares para acreditarem na sua força organizada e na acção do sindicato porque, unidos, os trabalhadores têm força suficiente para melhorar as suas condições de trabalho e de vida.

A Direcção do Sindicato da Hotelaria reafirma o seu compromisso de luta pela melhoria das condições de vida dos trabalhadores da hotelaria, turismo, restaurantes e similares do Algarve e apela à sua sindicalização, organização e unidade no local de trabalho para dar mais força à exigência de uma vida digna para todos.

SHAInatelAlbufeira