Altice Portugal | Resutados 1º Trimestre 2022

0
119
img fb

No 1º trimestre de 2022 as Receitas da Altice Portugal aumentaram 11,5% face ao ano anterior, atingindo 612,5M€. O EBITDA cresceu +8,7% alcançando 222M€ e o Investimento da Empresa foi de 102,9M€ neste período.

A Altice Portugal reforça liderança e continua a transformar o país.

  • A Altice Portugal iniciou o primeiro trimestre do ano com um crescimento das Receitas em todos os Segmentos, bem como do EBITDA, sendo as variações homólogas de +11,5% e +8,7% respetivamente.
  • Os Segmentos Consumo e de Serviços Empresariais continuaram a apresentar um Desempenho Operacional sólido e crescente, baseado na continuidade da aposta num portfólio inovador, diversificado e potenciado pela Convergência, mas também na Qualidade e Segurança das Redes e na manutenção de elevados padrões de Qualidade de Serviço.
  • A Altice Portugal reforçou a posição de liderança global no mercado nacional das comunicações eletrónicas, em resultado de uma forte dinâmica comercial, tendo apresentado neste trimestre crescimento da Base de Clientes.
  • O Investimento totalizou 102,9 milhões de euros no 1º trimestre, refletindo o reforço da capacidade na Rede Móvel, aposta no 5G e na expansão da maior Rede de Fibra Ótica de Portugal, atingindo 6,1 milhões de casas servidas com Fibra Ótica.

A Altice Portugal apresentou mais um trimestre com crescimento homólogo da Base de Subscritores, das Receitas, em todos os Segmentos, e do EBITDA.

A evolução homóloga das Receitas no 1º trimestre de 2022 assentou no crescimento dos Negócios Fixo e Móvel, da Base de Clientes e do leque de Serviços da Empresa, impulsionando a trajetória deste indicador e mantendo a tendência de crescimento dos trimestres anteriores. As Receitas atingiram 612,5 milhões de euros, aumentando +11,5% face ao trimestre homólogo de 2021.

Ambos os Segmentos, Consumo e Serviços Empresariais, apresentaram um desempenho operacional sólido e na trajetória de crescimento, baseado na aposta num leque de serviços inovador, claramente diversificado, convergente e alavancado em elevados padrões de qualidade de serviço, segurança e robustez das redes e infraestruturas de telecomunicações.

No 1º trimestre do ano, a Empresa registou +215,3 mil Adições Líquidas no Negócio Móvel, das quais +96,4 mil em Clientes Pós-Pagos. Em paralelo, os Serviços Fixos conseguiram +32,3 mil Adições Líquidas neste trimestre e os Clientes Únicos do Segmento Consumo cresceram +14,1 mil durante os últimos 12 meses, alavancados na manutenção do ritmo de Adições e da manutenção do Churn em níveis record.

A MEO, marca do segmento de Consumo da Altice Portugal, obteve a distinção da operadora com menor número de reclamações por mil clientes em 2021, conforme reportado pelo regulador português em março. Este é o resultado do foco estratégico da Altice Portugal na Qualidade de Serviço e no Cliente, comprovando a Liderança da Empresa no setor das comunicações eletrónicas em Portugal.

Em paralelo, a MEO manteve a distinção de “O Melhor do Teste – Internet Móvel”, de acordo com dados da Deco Proteste.

Ambas as distinções resultaram da oferta de serviços inovadores e da robustez e qualidade das infraestruturas de telecomunicações de última geração – Fibra Ótica e Rede Móvel – que em conjunto, e complementando-se, permitem à Empresa direcionar os clientes para uma transformação digital de futuro e sucesso.

O EBITDA voltou a revelar crescimento no 1º trimestre de 2022, com +8,7% face ao trimestre homólogo de 2021, totalizando 222,0 milhões de euros. O crescimento do EBITDA resulta do crescimento constante da Base de Subscritores que impulsionam a Receita e da disciplina de controlo dos custos operacionais.

O Investimento totalizou 102,9 milhões de euros no 1º trimestre, refletindo o reforço da Rede Móvel, aposta no 5G e na expansão da maior Rede de Fibra Ótica de Portugal, atingindo 6,1 milhões de casas servidas com Fibra Ótica; +65 mil novas casas foram adicionadas no território nacional.

O reforço da rede móvel impulsionou uma penetração de 4G para 99,8% no trimestre e a aposta na implementação da nova tecnologia 5G é fundamental para garantir a eficácia da estratégia da Altice Portugal, ligando pessoas com a melhor tecnologia disponível, para manter a liderança do setor em Portugal.

Segmento Consumo | 1º Trimestre 2022

As Receitas do Segmento Consumo atingiram o valor de 313,9 milhões de euros no 1º trimestre de 2022, representando uma variação homóloga de +2,7%. O número de Clientes Únicos cresceu +0,9% nos últimos 12 meses.

A execução contínua das medidas estratégicas e operacionais mostraram-se capazes de enfrentar a dinâmica concorrencial e promover laços cada vez mais fortes com os clientes, que se revelaram determinantes para a resiliência da posição da Altice Portugal no mercado nacional. A liderança em todos os serviços de telecomunicações é resultado, também, da aposta contínua nos pilares de qualidade de serviço ao cliente e diversificação de oferta.

Segmento de Serviços Empresariais | 1º Trimestre 2022

[Combina os Segmentos Empresarial – B2B, Wholesale e as restantes Unidades de Negócio da Altice Portugal]

As Receitas do Segmento de Serviços Empresariais demonstraram um forte desempenho fixando-se em 298,6 milhões de euros no 1º trimestre do ano, o que se traduziu numa variação homóloga de +22,7% ou de +5,2% excluindo a contribuição da Unisono no 1º trimestre de 2022, empresa adquirida em Agosto de 2021. O sólido desempenho financeiro do trimestre resultou do processo de transformação do mix das Receitas, com fluxo crescente das novas linhas de negócio não-Telco, que representam um peso significativo na estrutura global do Segmento.

Esta evolução tem por base o sucesso na transição digital e a qualidade de serviço, mas também a inequívoca fiabilidade e cobertura das redes disponíveis na Altice Portugal. A tendência para a convergência total e o movimento de “pacotização” de soluções inovadoras visaram ampliar a relação próxima com o cliente e melhorar a experiência de utilização completa dos serviços disponibilizados a cada um deles.

Altice Portugalimg fb