As seis formas de como a ‘Internet’ transformou o Empreendedorismo

0
139
DiaInternet2

A Internet, ao contrário do que algumas pessoas afirmam, não é apenas um novo canal para transmitir a mesma informação de sempre. A rede tem sido um verdadeiro “jogo de mudança” para as empresas, criando um novo paradigma para o empreendedorismo a todos os níveis.

As regras da Economia de Criadores (ou economia dos criadores de conteúdo), impulsionada pela Internet, permitem agora a qualquer pessoa com talento iniciar um negócio digital e ganhar a vida a partir desse talento, a partir da sua paixão. Não admira que já existam 50 milhões de criadores de conteúdos no mundo, dos quais 2 milhões são criadores de conteúdos a tempo inteiro1.

Desta forma, a Hotmart, empresa líder de produtos digitais, identifica as 6 maneiras de como a Internet trouxe esta mudança de paradigma para os empreendedores:

  • As barreiras para o empreendedorismo desaparecem: a Internet torna possível iniciar um negócio digital com pouco ou nenhum investimento. A partir de casa, sem alugueres ou outros custos fixos; tudo o que normalmente é necessário é um telemóvel ou um computador com ligação à Internet. Qualquer pessoa pode fazê-lo!
  • Passo instantâneo da ideia à realidade: o passo da ideia à realidade na nova Economia de Criadores é também muito mais fácil do que na economia tradicional e pode ser realizado quase instantaneamente, uma grande oportunidade para todas as pessoas que têm algum conhecimento ou talento e podem agora monetizá-lo.
  • Facilidade de crescimento: Uma vez criado um produto digital atraente (seja um curso online, um tutorial, um ebook, um podcast ou qualquer outro formato), na Internet e com as novas plataformas de conteúdos digitais, este produto pode atingir milhões de potenciais clientes em todo o mundo, crescimento para o qual o empreendedor não precisa de aumentar substancialmente a sua estrutura empresarial.
  • Transformar um talento numa profissão: uma das principais vantagens da Economia de Criadores e da Internet é que as pessoas podem explorar o seu conhecimento, acumulado durante a sua atividade profissional, através do seu hobby ou por qualquer outro meio, e partilhá-lo com o mundo, transformando-o numa fonte de rendimento.
  • Praticar o “empreendedorismo silencioso”: na Internet, as pessoas que têm algum conhecimento a partilhar não precisam de abandonar aquela que é a sua principal fonte de rendimento para se tornarem empreendedoras. A Economia de Criadores dá-lhes a oportunidade de iniciar o seu projeto pouco a pouco, testando se os seus conhecimentos e negócios geram interesse, até que decidam dedicar todo o seu tempo a ele ou mantê-lo como uma fonte adicional de rendimento.
  • Impulsionar os negócios 100% físicos e digitais: a Economia de Criadores e a Internet oferecem as capacidades para impulsionar tanto os projetos empreendedores que já se encontram no mundo físico e querem complementar-se mutuamente no mundo digital, como os projetos 100% digitais.

Nunca devemos subestimar o conhecimento que adquirimos em qualquer área das nossas vidas, pois pode ser útil para outras pessoas que estejam dispostas a pagar por ele“, explica Myriam Tejada, Country Manager da Hotmart para Portugal e Espanha. “O nosso principal objetivo é precisamente ajudar as pessoas a descobrir o seu talento e transformá-lo num negócio digital de sucesso, tanto com a nossa plataforma tecnológica para a gestão de conteúdos digitais, como com o nosso ecossistema de apoio e formação.

Sobre Hotmart www.hotmart.com

AtreviaDiaInternet2