Vídeo: Né Gonçalves e o «Voo do Fado» (feat Soraia Cardoso)

0
284

O single «Voo do Fado» de sua autoria (letra e músicae produção de Yami Aloelela está hoje disponível nas plataformas digitais.
 
Em «Voo do Fado» começa por se ouvir um hungu (o instrumento angolano pai do berimbau brasileiro) que introduz um fado bem português, com a fresca voz de Soraia Cardoso a voar sobre a viola de fado e o baixo acústico de Yami, a guitarra portuguesa de José Manuel Neto e o maravilhoso arranjo de cordas do orquestrador Carlos Garcia. Um fado melodioso que é suavemente desconcertado pelo semba que de imediato se lhe segue, cantado por Né Gonçalves, por cima de sublimes guitarras e percussões angolanas. Na sua letra, «Voo do Fado» homenageia directamente alguns dos maiores expoentes deste género — Amália Rodrigues («Gaivota», «A Casa da Mariquinhas»), Carlos do Carmo («Os Putos», «Por Morrer Uma Andorinha») ou, mais subtilmente, Mariza (na citação de «Ó Gente da Minha da Terra», que tem letra original, embora nunca por ela gravada ou cantada, de Amália). E, nesta letra, Né Gonçalves deixa também bem claro que o fado já não é só português, mas também é «nosso», angolano e universal. Porque o fado, para além de ser Património Cultural e Imaterial da Humanidade, poderá ter na sua génese a influência de um género de origem angolana, o lundum.

P&C