Faro | Joaquim Viegas e a Arte da Cenografia

0
166

O Museu Municipal de Faro recebe este sábado, dia 18 de junho, às 18h00, a inauguração da exposição inédita “Joaquim Viegas – a Construção do Cenógrafo”, que reúne peças de desenho, de pintura, cadernos pessoais com apontamentos e esboços de cenografia, entre outras peças e utensílios de cenografia deste importante artista e coleccionador farense. A exposição estará patente até fevereiro do próximo ano.
Mais conhecido como colecionador, Joaquim Viegas recolheu um fabuloso acervo de cartazes de cinema, de circo e publicidade, hoje candidatos a Tesouro Nacional e uma das mais prestigiadas colecções do Museu Municipal de Faro. Por outro lado, poucos conhecem o seu trajeto enquanto aluno de Belas Artes no início do século XX e o seu respeitado currículo no mundo da cenografia, tendo trabalhado para os mais importantes teatros do País, em Lisboa e no Porto.
Esta exposição é assim uma viagem pelo ensino artístico em Belas Artes nos finais do século XIX e início do século XX, mas também pela cenografia da época. Joaquim Viegas, um farense com sensibilidade artística, viria a singrar nesse trabalho, que exigia conhecimentos de geometria, aritmética e matemática.
Algumas das peças serão exibidas pela primeira vez, como uns desenhos emprestados pela Faculdade de Belas Artes, em que Joaquim Viegas recebeu inúmeras e merecidas distinções, ou outras pertencentes ao acervo do Museu Municipal de Faro, que foram meticulosamente restauradas no último ano e meio. Caso de uma dessas peças é um auto-retrato de Joaquim Viegas, que nos recebe ao início da exposição no seu mundo e arte, sem esquecer as suas raízes.

CM Faro