PSD SBA | Preocupação pela Instabilidade no CMR Sul

0
252

No seguimento da apresentação da demissão da Diretora Clínica do CMR Sul, Dr.ª Arminda Lopes, dois meses após a sua nomeação para o cargo, o Partido Social Democrata de São Brás de Alportel manifesta-se bastante apreensivo com a gestão que o Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA) tem vindo a ter para com o Centro de Medicina Física e Reabilitação do Sul.

Desde que o governo assumiu a integração do Centro de Medicina Física e Reabilitação do Sul no Centro Hospitalar e Universitário do Algarve, os problemas têm-se intensificado para prejuízo de todos os utentes desta importante unidade, bem assim como da sua equipa de profissionais.

Ao longo dos últimos anos, a falta de recursos humanos, a diminuição da taxa de ocupação, as longas listas de espera e a falta de materiais médicos têm sido fatores de constrangimento e limitação do importante funcionamento desta infraestrutura.

Consideramos inadmissível esta permanente instabilidade no CMR Sul. Não aceitamos que uma das mais importantes unidades de medicina e reabilitação física do país seja considerada pelo CHUA como uma extensão do Hospital de Faro, com o encaminhamento de utentes com necessidades diferentes daquelas para o qual foi projetado, sem recursos humanos, meios financeiros e organização logística-operacional.

Estamos perante uma conjuntura onde os interesses do CMR Sul não são uma prioridade para o CHUA e, como tal, o PSD de São Brás de Alportel, solicita esclarecimentos à Administração do CHUA sobre o atual funcionamento desta unidade, bem assim como aos objetivos que estão previstos a médio-longo prazo para esta unidade vital, quer a nível regional, como a nível local.

PSD SBA