Piscinas Municipais de Loulé e Quarteira sensibilizam para a Eficiência Hídrica

0
273

Enquadrado no trabalho transversal que o Município de Loulé tem vindo a realizar no que concerne à eficiência hídrica, decorrerão nas Piscinas de Loulé e de Quarteira iniciativas que têm em vista sensibilizar a população para a necessidade de poupar água.

O grupo ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve irá realizar um espetáculo para os utentes de ambos os equipamentos desportivos – “Uma Torneira na Testa” -, em que o mote é a promoção da eficiência hídrica. Trata-se de um divertido diálogo entre duas personagens, apelando à importância da educação ambiental para o uso consciente da água. Os espetáculos decorrem dentro de um autocarro estacionado à porta das piscinas, nos dias 23 julho, 20 e 27 agosto, em Loulé, e 17 e 24 de setembro e 1 outubro, em Quarteira.

Loulé será o segundo município algarvio a receber a exposição #AÚltimaGota_Algarve, patente ao público de 1 a 31 de agosto, nas Piscinas de Loulé. Este projeto é  uma campanha de informação e sensibilização que assenta numa estratégia regional de educação ambiental que congrega os 16 municípios que compõem a região do Algarve e que nasce de uma candidatura da Associação Almargem ao Fundo Ambiental.

Pretende-se que as ações previstas conduzam a uma mudança de atitudes e comportamentos da população, fomentando uma boa gestão do recurso mais precioso do Planeta e necessário à vida, o recurso esgotável que é a água. A ideia é que esta iniciativa envolva ativamente as escolas, população residente, empresários, autarquias, organizações não-governamentais e outras instituições públicas ou privadas, sendo adequado para todas as idades

Num momento em que toda a região do Algarve enfrenta os impactos da seca,  e cujas  projeções para o Município de Loulé indicam que este se irá deparar com a diminuição da precipitação média anual assim como com o aumento da precipitação intensa em períodos curtos, que podem originar cheias e inundações rápidas. As ondas de calor serão cada vez mais frequentes e intensas, assim como os períodos de seca, que aumentarão a sua intensidade e frequência.

É assim fundamental apostar numa gestão mais eficiente e sustentável do setor dos recursos hídricos e na prevenção de situações de escassez. Recorde-se que, para dar resposta à emergência atual, a Câmara Municipal de Loulé elaborou um Plano Municipal de Contingência para Períodos de Seca (PMCPS) de Loulé, que será muito em breve apresentado em sede de Assembleia Municipal para aprovação

CM Loulé