ISPA | Conferência sobre o Papel da Psicologia Clínica nos Cuidados Paliativos

0
262
Psicólogo-Cuidados-Paliativos

Psicologia tem papel preponderante na preparação do doente para o fim de vida, ajudando-o a fazer a despedida.

O Ispa-Instituto Universitário vai promover a Conferência “O papel do psicólogo clínico em cuidados paliativos: desafios e princípios de intervenção”, no dia 13 de outubro (5ªfeira), às 17:00 horas no Auditório 1 do Instituto Universitário. Esta apresentação deverá refletir sobre a importância dos cuidados do foro psicológico da pessoa com doença avançada e irreversível e sua família, ao longo da trajetória de fim-de-vida e luto.

A conferência terá como oradora a professora e investigadora do Ispa – Instituto Universitário, Alexandra Coelho, que é também psicóloga na Unidade de Medicina Paliativa do Centro Hospitalar Lisboa Norte, onde é responsável pela Consulta de Luto e Coordenadora da Equipa de Apoio Psicossocial, Programa Humaniza.

Os cuidados psicológicos no fim de vida são cruciais para uma morte digna e mais serena, e cuidar da dimensão psicológica é determinante. Para Alexandra Coelho, “mais do que a dimensão física da morte, no fim da vida, é mais importante o sentido e dimensões afetivas. Não chega ultrapassar a dor física ou prolongar a vida. Morrer é encerrar assuntos, fazer despedidas.”

O contexto de intervenção em cuidados paliativos coloca desafios específicos à prática da psicologia clínica, dada a situação de extrema vulnerabilidade e sofrimento decorrente de uma doença terminal. Esta apresentação vai incidir sobre o papel do psicólogo e o seu potencial contributo para uma abordagem multidisciplinar e integrada nestas situações.

Vão ser debatidas as principais problemáticas, aspetos específicos da relação terapêutica e os mais recentes desenvolvimentos em termos de intervenção psicológica nesta área. Finalmente, serão levantadas questões éticas e existenciais que devem ser alvo de reflexão no exercício da psicologia em cuidados paliativos.

Alexandra Coelho é professora e investigadora no Ispa – Instituto Universitário, e as suas áreas de investigação são o Luto, Luto antecipatório, Terapia de Luto e Comunicação em Cuidados Paliativos.

Psicóloga Clínica e da Saúde, Alexandra é Doutorada em Ciências e Tecnologias da Saúde, com especialização em Cuidados Paliativos pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL). É também terapeuta de luto pela Sociedade Portuguesa de Estudos e Intervenção no Luto (SPEIL). É Professora Auxiliar Convidada na FMUL, formadora e investigadora na área do luto.

De acordo com a Associação Portuguesa dos Cuidados Paliativos, os cuidados paliativos são uma forma de proporcionar cuidados de saúde centrados na pessoa doente e na sua família. São prestados por uma equipa multidisciplinar constituída por médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e outros profissionais. Visam a abordagem global do sofrimento, o suporte na comunicação com o doente, família e profissionais e outros parceiros na sociedade, e o planeamento antecipado de cuidados, centrado na pessoa.

A conferência é gratuita e aberta ao público em geral. 

Saiba mais aqui

LPM

Psicólogo-Cuidados-Paliativos