Concerto de ‘Virgem Suta’ encerra Sons no Património

0
51
Virgem-Suta-Porto

A quinta edição do ciclo de concertos da Área Metropolitana do Porto fecha a programação deste ano com Virgem Suta, no dia 4 de dezembro, no Terreiro de Santa Mafalda, no Mosteiro de Arouca.

Depois das atuações de Ana Bacalhau, Tó Trips, Azar Azar, Valter Lobo, entre outros, marcarem a edição de 2022 do Sons no Património, este chega finalmente ao fim. Da música erudita à contemporânea, passando por tradicional, electrónica, rock, pop ou jazz, esta iniciativa de entrada livre, começou a 4 de outubro e propôs uma viagem por 17 locais únicos, acompanhados pelas sonoridades de 17 projetos musicais, e celebrando a riqueza e a diversidade do Património Cultural, do território e da sua comunidade, promovido pela Área Metropolitana do Porto, propondo a música como veículo de aproximação das pessoas ao património.

Para encerrar a quinta edição do Sons no Património, o concerto de Virgem Suta, adiado por questões meteorológicas, tem agora nova data e novo local. A 4 de dezembro, a banda alentejana que melhor representa a nova geração de pop-rock cantado em português entra em palco no Terreiro de Santa Mafalda, no Mosteiro de Arouca, às 16h30. Conhecidos pelo humor apurado e boa disposição, são autores de algumas das canções mais irresistíveis da música no nosso país. Ao vivo, as canções ganham uma intensidade que varia entre a energia contagiante e a tranquilidade comovente, criando na audiência o desejo de que o concerto não termine tão cedo.

E fica assim fechada esta edição, num exercício contínuo de profundo compromisso com a democratização do acesso à criação artística, à cultura e ao património cultural, resultando numa fruição livre e gratuita de espaços icónicos de cada município e do que de melhor se faz na música em Portugal. Tal como todos os concertos do Sons no Património, este não será excepção e terá entrada gratuita.

MS

Virgem-Suta-Porto