Observador Cetelem | Principal entrave à adoção de Soluções para a Poupança Energética

0
747
Observador-Cetelem
  • 13% dos portugueses conhecem programas de apoio para a transição energética

De acordo com o estudo Observador Cetelem Consumo Sustentável 2022, 44% dos portugueses entrevistados indicam que a sua principal dificuldade, na adoção de soluções que visam a poupança energética, é o investimento base elevado. Já 35% dos inquiridos indicam ser o desconhecimento que têm relativamente às soluções energéticas e 29% o desconhecimento de incentivos para a adoção destas soluções.

Existem, ainda, muitos portugueses que desconhecem a existência de incentivos e apoios para a transição energética. Ainda assim, o estudo conclui que 13% dos inquiridos conhecem os programas de apoio existentes, mas a maioria não os sabe identificar. Dos que conhecem, 10% afirmam que já aderiram ou pensaram em aderir a um desses programas, mais concretamente, os entrevistados com idades entre os 45 e os 54 anos (16%). Os inquiridos mais velhos, dos 65 aos 74 anos, afirmam que não tencionam aderir (91%).

Quando se trata de enumerar algumas das vantagens destes programas de apoio na área da eficiência energética e/ou a transição energética, no top 3 indicado pelos inquiridos estão: o facto de ser um procedimento que demora pouco tempo a aprovar (44%), não exigir muitos documentos (44%) e de compensar financeiramente (25%). No que toca às desvantagens, a burocracia é igualmente apontada por outra metade de inquiridos como sendo uma das principais.

Atrevia

Observador-Cetelem