Odiana | Encerramento do Projeto INTERPYME

0
92
Jornadas-Cadiz-1

Foram três anos de muito trabalho, com quinze PME’s aderentes e com uma taxa de execução a rondar os 100%. O projeto INTERPYME foi um sucesso e parceria aposta numa possível continuidade através dos novos fundos europeus.

Desde o início efetivo dos trabalhos em 2020, até à data corrente, a ODIANA, através do projeto transfronteiriço INTERPYME, conseguiu captar quinze produtores/PME’s aderentes de áreas agroalimentares diversas. Tratou-se de um projeto de «pandemia», sendo que a sua quase totalidade foi gerida e executada em formato online.

Apesar dos constrangimentos gerados pelos sucessivos confinamentos e isolamentos da equipa e aderentes envolvidos, o projeto rumou a bom porto rondando os 100% de execução via ODIANA.

No entanto, foi só no final do passado mês de novembro foi possível reunir a parceria, física e presencialmente. As «Jornadas de Encerramento» decorreram no dia 29 de novembro em Cádiz, Espanha e serviram como fórum de apresentação de resultados. O sucesso do projeto, tanto em termos de eficiência como de eficácia, pode resultar numa segunda edição com candidatura aos novos fundos europeus.

No que concerne à ODIANA, as PME’s aderentes beneficiaram e usufruíram de serviços personalizados para potenciar os seus produtos, e por conseguinte, o setor agroalimentar do território. Os números são esclarecedores: Participação em 3 Certames Agroalimentares Transfronteiriços, 3 Missões Comerciais, 1 Plano de Internacionalização, 12 Portfólios Fotográficos, 7 Planos Financeiros, 14 Serviços de Consultoria, Design e Impressão, e 1 serviço de Curadoria Gastronómica que reuniu, ao longo de um ano, cerca de 50 artigos na imprensa televisiva, escrita, radiofónica e online.

Toda esta panóplia de ações surgiu como uma estratégia de relançamento dos negócios das empresas que se viram afetadas com a pandemia, com o intuito de potenciar, melhorar e promover a competitividade das PME’s.

Entre as empresas beneficiárias [exclusivamente as aderentes], constam no cardápio produtos como o sal e flor de sal, a amêndoa, o figo fresco e seco, o figo da índia, manteigas e barras energéticas, o queijo fresco de cabra, o presunto e os enchidos, a doçaria tradicional, as compotas, o mel, os citrinos, e os transformados e confecionados com os produtos locais mais identitários.

Este projeto, cujo objetivo foi promover as oportunidades ao nível do financiamento, promoção e internacionalização para as PME’s do setor agroalimentar e turismo gastronómico, iniciou os trabalhos em 2019 e tem duração prevista até 31 de dezembro de 2022, e contou com o apoio dos Municípios de Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António.

O INTERPYME – Plataforma para Internacionalização das Pequenas e Médias Empresas do Algarve e das Províncias de Cadiz e Huelva – é uma iniciativa de cooperação entre o Algarve, Alentejo e Andaluzia, Programa Interreg V-A Espanha- Portugal 2014-2020 (POCTEP), e cofinanciado pelo FEDER.

Toda a informação e ferramentas promocionais do projeto estão disponíveis em: www.interpyme.eu

Aceda a esta notícia AQUI

Ass Odiana