Huawei | 2.ª edição do Programa de Bolsas para Apoiar Estudantes Portugueses

0
189
Huawei-Bolsas-2022
  • Tecnológica vai apoiar mais 50 alunos portugueses do ensino superior;
  • Programa dirigido a alunos das áreas de Engenharia, Tecnologia e Renováveis;
  • Apoio financeiro a estudantes portugueses ascende já a 500.000 euros em dois anos;
  • Candidaturas decorrem até final de Janeiro de 2023;
  • Metade das bolsas serão atribuídas a mulheres.

Como parte do já reconhecido compromisso com o sector da Educação, a Huawei Portugal anuncia uma segunda edição do seu programa de bolsas de estudo para estudantes universitários portugueses, de novo em parceria com o .PT.

A empresa decidiu assim a continuidade do programa criado em 2021, no âmbito do qual já apoiou 50 estudantes de Licenciatura, Mestrado e Doutoramento com um valor total de 250.000 euros. Com este anúncio, a Huawei Portugal compromete-se a apoiar mais 50 alunos, elevando para 500.000 euros o valor investido em apoios financeiros directos a estudantes portugueses.

À semelhança do ano passado, o programa está direccionado para estudantes de Engenharia, Tecnologia e áreas relacionadas, sendo que a empresa pretende este ano alargar o âmbito a estudantes da área das Energias Renováveis, em linha com o desenvolvimento desta área de negócio em Portugal.

“As 50 histórias de quem já é apoiado por nós, inspiraram-nos profundamente e reforçam o sentido de propósito do que fazemos. Sentimo-nos priviligeados por contribuir para o futuro do País de uma forma tão relevante e efectiva.”

(Huawei Portugal)

“Os bons exemplos e os bons programas devem sempre ser repetidos. Por isso lançamos, com grande entusiasmo, a segunda edição deste programa de bolsas, fortalecendo esta aposta nos nossos e nas nossas jovens e nas suas qualificações. Este ano voltaremos a atribuir 50% das bolsas a alunas, potenciando assim a igualdade de género no setor das TIC.”

(Luisa Ribeiro Lopes, Presidente do .PT e Coordenadora Geral do INCoDe.2030)

Na primeira edição (2021/2022) o programa de bolsas da Huawei Portugal contou com cerca de 3.000 candidaturas, provenientes de todo o País. A shortlist de candidatos foi posteriormente avaliada por um júri independente, composto por personalidades de reconhecido mérito, onde estiveram nomes como Elvira Fortunato (Professora e Investigadora), Rosa Monteiro (Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade do XXII Governo Constitucional), Luísa Ribeiro Lopes (Presidente do Conselho Directivo do .PT e Coordenadora-Geral do INCoDe.2030), Sandra Ribeiro (Presidente da CIG, Comissão para a Cidadania e Igualdade), Pedro Mota Soares (Secretário Geral da APRITEL), Rogério Carapuça (Presidente da APDC), Vanda de Jesus (Directora Executiva do Portugal Digital), Pedro Santa Clara (Professor e Fundador da Escola 42 Lisboa e 42 Porto), Andreia Collard (Directora Regional de Informática do Governo Regional da Madeira). Em breve serão anunciados os membros que integram o júri independente que decidirá quem serão os bolseiros do programa deste ano.

50% das bolsas atribuídas a mulheres

A segunda edição do programa de bolsas universitárias da Huawei é desenvolvida em parceria com o .PT e conta com o apoio do INCoDe.2030, Portugal Digital e da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, uma vez que mantém o princípio de discriminação positiva, atribuindo metade das bolsas a mulheres.

É fundamental continuar a atrair talento feminino para a área das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). Na Huawei acreditamos que, na era digital, as mulheres são pilares da indústria tecnológica. Empoderar as mulheres e aumentar a sua visibilidade abrirá um mundo de novas possibilidades e trará novos avanços ao mundo”.

(Huawei Portugal)

O programa destina-se a jovens até aos 30 anos, ou até aos 35 anos no caso de alunos de Doutoramento, que frequentam o ensino superior e, simultaneamente, apresentem um percurso académico e pessoal de excelência, tendo como objetivo distinguir o seu mérito e proporcionar-lhes as condições para o seu melhor desempenho.

Ao longo dos últimos anos, a Huawei Portugal tem vindo a aprofundar uma forte ligação aos temas da Educação. Este programa junta-se a outros investimentos na área, como o SmartBus, roadshow de literacia digital que percorreu escolas de Norte a Sul de Portugal entre Outubro e Novembro; Seeds for the Future, programa que todos os anos forma dezenas de estudantes de engenharia nas mais recentes tecnologias; a ICT Academy, no âmbito da qual a empresa assinou protocolos de colaboração com diversas universidades; a Summer School for Female Leadership in Digital Age, projecto desenvolvido em Lisboa e exportado a nível europeu pela Huawei; ou o Summer Camp 4 Her, inaugurado este ano em Cascais, entre outros.

Os estudantes interessados em integrar o Programa de Bolsas da Huawei podem candidatar-se até dia 29 de janeiro, no site oficial da iniciativa, onde estão todas as informações: programadebolsashuawei.pt.

Sobre a Huawei

Mais informações em www.huawei.com 

BCW

Huawei-Bolsas-2022