Mercedes-Benz | Fortes Vendas de Veículos Topo de Gama e Elétricos em 2022

0
251
Mercedes-Benz-1

• A intensificar a eletrificação: as vendas de veículos elétricos, da divisão de veículos ligeiros de passageiros Mercedes-Benz, mais do que duplicaram para 117.800 unidades (+124%) em 2022. Nova rede global de postos de carregamento de alta potência para apoiar a estratégia para a mobilidade elétrica

• Fim de ano forte: as entregas de veículos ligeiros de passageiros a clientes no quarto trimestre de 2022 atingiram as 540.800 unidades (+17%), com as vendas de veículos topo de gama a atingirem as 83.800 unidades (+14%)

• Vendas anuais ao nível do ano transato: os veículos ligeiros de passageiros atingiram as 2.043.900 unidades (-1%), sendo prejudicadas pelas medidas de combate à COVID, pela escassez de semicondutores e por estrangulamentos logísticos

• Procura elevada por veículos topo de gama: as vendas da marca Mercedes-Maybach atingiram o melhor ano de sempre (+37%); as entregas do Classe S subiram 5 %

A marca de automóveis de luxo mais valiosa do mundo terminou 2022 com um último trimestre forte a nível de vendas, com o fornecimento de 540.800 veículos ligeiros de passageiros Mercedes-Benz (+17%) e um aumento das vendas de veículos topo de gama e veículos elétricos. O período de outubro a dezembro marcou o melhor trimestre de 2022 dos veículos topo de gama com um aumento das vendas de 14% graças à elevada procura na maioria das regiões, apesar da continuação das medidas de combate à COVID, da escassez de semicondutores e dos estrangulamentos logísticos ao longo do ano.

Num 2022 desafiante, a divisão de veículos ligeiros de passageiros Mercedes-Benz forneceu 2.043.900 veículos (-1%). Rumo a um futuro totalmente elétrico, as vendas globais de modelos xEV (PHEV e BEV, incluindo a marca smart) da Mercedes-Benz atingiram as 319.200 unidades (+19%), representando 15% das vendas unitárias totais da divisão de veículos ligeiros de passageiros Mercedes-Benz em 2022. Esta divisão mais do que duplicou as vendas de veículos elétricos para 117.800 unidades (+124%). Incluindo a marca smart, praticamente um em cada dois modelos xEV da Mercedes-Benz foi um veículo elétrico (44%). No âmbito da sua transformação para a produção exclusiva de veículos elétricos até ao final da década, se as condições de mercado assim o permitirem, a Mercedes-Benz anunciou plano para a sua própria rede de postos de carregamento de alta potência de mais de 10.000 unidades em todo o mundo, assegurando o carregamento fácil e rápido.

“2022 marca outro ano de sucesso na transformação da Mercedes-Benz: mais do que duplicámos as vendas de veículos elétricos, demonstrámos a nossa elevada ambição no segmento de veículos elétricos com um teste de estrada de 1,200 km em modelos da marca EQ e atingimos um novo registo anual para a marca Mercedes-Maybach com uma subida nas vendas de 37 %. Em 2023 iremos continuar a nossa missão para oferecer os veículos elétricos mais desejáveis e aumentar ainda mais as vendas de veículos elétricos e veículos topo de gama.”

Ola Källenius, presidente do conselho de administração da Mercedes-Benz Group AG

“Após mais um ano com disponibilidade limitada de veículos e estrangulamentos logísticos, estou grato pela paixão dos nossos clientes pelos nossos produtos e pela sua contínua confiança na nossa marca. 2022 proporcionou muitos destaques: temos agora oito modelos totalmente elétricos nos salões de exposição dos concessionários, continuamos a elevar a experiência de carregamento dos nossos clientes para outro nível e pudemos mais uma vez aumentar o valor da nossa marca em 10 % para continuarmos a ser a marca automóvel de luxo mais valiosa do mundo. 2023 irá trazer muitos momentos importantes na transformação da nossa experiência de cliente com a introdução do nosso modelo de venda direta nos principais mercados como o Reino Unido e a Alemanha.”

Britta Seeger, membro do conselho de administração da Mercedes-Benz Group AG, responsável pelo departamento de marketing e vendas da divisão de veículos ligeiros de passageiros Mercedes-Benz

Luxo Topo de Gama

As vendas no segmento topo de gama cresceram significativamente no quarto trimestre em 14% para as 83.800 unidades, resultando no melhor trimestre para este segmento em 2022. Os principais impulsionadores no quarto trimestre foram as vendas da AMG (+28%), Mercedes-Maybach (+25%) e do Classe G (+15%). A Mercedes-Maybach atingiu o melhor ano com a venda de 21.600 unidades (+37%). Este crescimento foi suportado principalmente pelos fortes desempenhos no Japão, Coreia do Sul, Médio Oriente e especialmente na China, onde a Mercedes-Maybach forneceu mais de 1.100 unidades por mês. As vendas do Classe S aumentaram para mais de 90.000 unidades, um aumento de 5% face ao ano anterior. Além disso, o EQS conseguiu atrair novos clientes para o segmento topo de gama. Em 2022, foram vendidos 19.200 veículos, com uma forte procura de clientes dos EUA, fazendo do quarto trimestre o melhor trimestre deste porta-estandarte elétrico. O EQS SUV já recebeu uma avaliação positiva nos EUA e será introduzido na China no início de 2023. As vendas anuais de veículos topo de gama foram restringidas devido à escassez de semicondutores. Em 2023, a marca Mercedes-Maybach irá tornar-se elétrica com o lançamento do Mercedes-Maybach EQS SUV na primeira metade do ano.

Luxo Essencial

As vendas no segmento de Luxo Essencial atingiram as 1.101,800 unidades (+4%). Mais uma vez, o GLC foi o modelo Mercedes-Benz mais vendido com 342.900 unidades (+3%) em 2022. Com o seu modelo sucessor, lançado em meados de 2022, a Mercedes-Benz prevê continuar a sua história de sucesso. O Classe C viu as vendas subirem 17% para 299.100 unidades. O modelo totalmente elétrico EQE está agora disponível em todas as regiões e atingiu vendas de 12.600 unidades em 2022. O recém-lançado EQE SUV pode agora ser encomendado em toda a Europa. A China e os EUA são os mercados que se seguem na primeira metade de 2023. O segmento de Luxo Essencial será adicionalmente reforçado pelo novíssimo Classe E que irá celebrar a sua estreia mundial em 2023.

Luxo de Entrada na Marca

As vendas no segmento de Luxo de Entrada na Marca atingiram as 587.700 unidades (-10%), tendo sido prejudicadas principalmente por estrangulamentos logísticos. O EQA é o modelo totalmente elétrico mais vendido com 33.100 unidades (+43%), seguido pelo EQB com 24.200 unidades (+>1,000%). Os modelos Classe A e Classe B foram alvo de uma atualização no último trimestre de 2022 e estão agora disponíveis. A quota de veículos elétricos duplicou para 10% das vendas neste segmento.

Vendas de veículos ligeiros de passageiros Mercedes-Benz por regiões e mercados

As vendas na Ásia ficaram ao nível do ano transato com 987.800 unidades (+1%). As vendas do quarto trimestre na China aumentaram 13%, impulsionadas por um forte desempenho do Classe S (+45%), da Mercedes-Maybach (+16%) e do Classe G (+14%). As vendas anuais na China foram prejudicadas pelas medidas de confinamento devido à COVID (-1 %). As vendas de veículos elétricos e de híbridos plug-in cresceram 143% na China em 2022. As vendas totais na Coreia do Sul superaram as 80.000 unidades (+7%) pela primeira vez em 2022. Adicionalmente, as vendas aumentaram significativamente na Índia (+41%) e no Vietname (+19%) para novos máximos de sempre. As vendas da Mercedes-Maybach mais do que duplicaram na Coreia do Sul e no Japão em 2022.

Na Europa, as vendas atingiram as 635.100 unidades (+1%) com o crescimento na Alemanha (+8%). As vendas de veículos topo de gama na Europa subiram para as 17.600 unidades (+45%) no quarto trimestre, tendo sido impulsionadas principalmente pelas vendas do Classe G com 3.100 unidades (+102%). A quota de modelos xEV na Europa cresceu para 36%, impulsionadas pelo EQA, EQB e por modelos híbridos plug-in.

As vendas anuais na América do Norte aumentaram moderadamente para 327.000 unidades (+3%) após um quarto trimestre forte (+17%) que foi impulsionado pelas elevadas vendas de modelos topo de gama (+18%) no mercado dos EUA. As vendas anuais nos EUA aumentaram 4%, impulsionadas pelas fortes vendas do Classe S (+12%). As vendas de modelos topo de gama representam 29% das vendas da Mercedes-Benz no mercado dos EUA. Com o EQS, EQS SUV, EQE, EQB e brevemente o EQE SUV, a eletrificação no mercado dos EUA está a ganhar ritmo.

As vendas no resto do mundo foram prejudicadas pela decisão da Mercedes-Benz de parar a exportação de veículos ligeiros de passageiros e comerciais ligeiros para a Rússia. As vendas aumentaram significativamente na África do Sul (+34%) e na Turquia (+21%).

Mercedes-Benz Portugal