“Epson” Contribui, pelo quarto ano, com 500 Árvores para Reforçar Biodiversidade Local

0
464
EPSNO-500-Árvores

No dia 11 de janeiro a Epson Ibérica participou numa ação de reflorestação que se realizou no Baldio do Casal Ventoso, em Santa Cruz, concelho de Torres Vedras.

Tal como noutros circunstâncias, as iniciativas promovidas pela Epson têm permitido que várias pessoas se unam por causas como a proteção climática e da biodiversidade, a economia circular e a sustentabilidade. À semelhança dos anos anteriores, esta iniciativa da marca integra o seu plano anual de atividades e e tem como objetivo contribuir positivamente para a pegada ecológica do Aspiring Geoparque do Oeste, território em que o Baldio do Casal Ventoso está inserido, como forma de celebrar a parceria recentemente estabelecida entre a AGEO (Associação Geoparque Oeste) e a Epson Ibérica.

No total, a Epson contribuiu com 500 árvores para a reflorestação, com vista a aumentar a biodiversidade da região e a criar espaços verdes para a comunidade local. A iniciativa contou com o apoio da Quercus, Associação Ambientalista com a qual já realiza atividades há 3 anos,
do Gabinete Técnico Florestal do Município de Torres Vedras e da Escola Profissional Agrícola Fernando Barros Leal. Estiveram também presentes diversos membros da equipa Epson Portugal, bem como a CSR Manager da Epson Ibérica, Pilar Codina, que se juntaram para
apoiar a missão de plantação de espécies autóctones, como pinheiros mansos e pinheiros bravos.

“A Epson está fortemente ligada à sustentabilidade e promovemos estratégias que juntam clientes, parceiros e comunidades na luta por um mundo melhor e mais sustentável”, comenta Pilar Codina, CSR Manager da Epson para Portugal e Espanha. “O nosso objetivo é, sempre, chegarmos mais longe em conjunto. Estamos também, agora, mais comprometidos com os ODS das Nações Unidas, como a primeira companhia em receber a certificação de alinhamento da gestão com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, conclui Pilar Codina.

A ação de reflorestação dividiu-se em duas sessões, de manhã e de tarde. Da parte da manhã plantaram-se 500 árvores (Pinheiro bravo e Pinheiro manso) onde estiveram envolvidos todos intervenientes, tendo a Escola Profissional Agrícola Fernando Barros Leal participado com duas turmas, uma do 2.º ano do Curso Profissional de Recursos Florestais e Ambientais e o Curso de Educação e Formação, Tipo III – Sapador Florestal. Da parte da tarde os alunos participaram de uma forma ativa na manutenção de um povoamento realizando a eliminação de espécies invasoras, nomeadamente, chorão da praia e acácias.

Como parte da sua visão para 2050, a Epson tem como objetivo tornar-se negativa em termos de carbono e excluir a utilização de recursos subterrâneos. Até 2030 a empresa visa reduzir as emissões de gases com efeito de estufa, em linha com o cenário de 1,5°C do Acordo de Paris e no seguimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

#epson4climate

Mais informações sobre a atividade de RSC da Epson no Relatório Integrado Não Financeiro de 2022, que destaca o progresso geral da empresa e as principais conquistas em desempenho ambiental, responsabilidade social e corporate governance.

Mais informações sobre a Epson e iniciativas ambientais no Relatório de Sustentabilidade de Epson Europe 2022.

Mais informações em www.epson.pt.

Atrevia

EPSNO-500-Árvores