SillySeason estreiam “Rei Édipo” no Centro Cultural de Belém

0
209
Rei-Édipo

Rei Édipo, do coletivo artístico SillySeason, dirigido por Cátia Tomé, Ivo Saraiva e Silva e Ricardo Teixeira, estreia a 17 de fevereiro, no Centro Cultural de Belém, onde ficará em cena até 19 de fevereiro.

O espetáculo parte do “cânone ocidental” do mito edipiano de Sófocles para a contemporaneidade, permitindo uma reinterpretação e reescrita do tempo presente, através da exploração de vários estágios de reconhecimento e do pathos ético que o acompanha. Neste Rei Édipo repensado pelos SillySeason, o mito surge, enquanto símbolo do julgamento impossível, imerso em retóricas distorcidas, futurologia, demagogia e misticismo, sem capacidade para reconhecer a verdade dos factos.

A criação conta com as interpretações de Cátia Tomé, Ivo Saraiva e Silva, Mónica Calle, Rafael Carvalho, Ricardo Teixeira e Vítor Silva Costa. 

Após a estreia, Rei Édipo partirá em digressão nacional, pelo Teatro Nacional São João – Porto (23 a 26 de março), pelo Theatro Circo – Braga (30 e 31 de março), pelo Teatro Diogo Bernardes – Ponte de Lima (21 de abril) e ainda pelo Teatro Municipal da Guarda (29 de abril). 

Os SillySeason são um coletivo de artistas que, desde 2012, se permite a pensar o teatro e as artes performativas, em diálogo com outras áreas artísticas, numa busca constante por novos modelos de criação. Ao longo dos últimos 10 anos, o coletivo tem procurado contribuir para a produção e aprofundamento de novas dramaturgias, numa constante reflexão sobre o que é teatro, ou o que poderá ser. Promovendo a construção de objetos que desafiem as lógicas habituais, os SillySeason desenvolvem um trabalho em colaboração e em rede, contactando com artistas de diferentes áreas.

O espetáculo estreia no Centro Cultural de Belém, seguindo-se uma digressão nacional: Teatro Nacional São João (Porto), Theatro Circo (Braga), Teatro Diogo Bernardes (Ponte de Lima) e Teatro Municipal da Guarda. 

ET ShowBuzz

Rei-Édipo-1