Lagoa – Algarve integra Comissão de Coordenação da RTPCE

0
75
Lagoa-Com-Coordenação-RTPCE

No passado dia 20 de janeiro, em Valongo, teve lugar mais um Encontro nacional da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, onde marcaram presença 52 Municípios portugueses representados ao nível político e técnico para aprovar o relatório de atividades de 2022 e eleger a nova Comissão de Coordenação Nacional.

Lagoa aderiu a este movimento global em 2018, data em que integrou a Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE), organizando em 2019 o 8º Congresso Nacional subordinado ao tema Criar (na) Cidade Educadora, consciente da importância de todas as pessoas e entidades na coconstrução de um território educador, sendo esta a força motriz e a raiz estrutural para a edificação de uma cidade sustentável, ativa, saudável e criativa num contexto global desafiante onde se privilegia uma abordagem holística da governação através de políticas organizacionais inclusivas.

Este modelo de organização da vida no espaço comum do concelho de Lagoa enquanto Cidade Educadora sustenta-se numa atitude dinâmica de relação em redes colaborativas de organizações , pessoas e projetos, em que a educação ocupa o lugar integrador ao projetar o conhecimento e a aprendizagem ao longo de toda a vida das pessoas como o motor da dinâmica da comunidade.

Com uma comunidade educativa constituída por 3028 alunos da rede pública, cerca de 981 alunos da rede privada e por cerca de 801 alunos da rede particular de solidariedade social, o Município de Lagoa enfrenta grandes desafios na sua politica educativa face às competências transferidas da administração central para a local, por isso importa que a autarquia, autonomamente ou em parceria com os agentes locais, vá ao encontro dos 20 princípios da Carta das Cidades Educadoras que subscreveu, garantindo a todas as crianças, jovens e adultos de todas as idades e origens a justa e efetiva igualdade de oportunidades no acesso à educação formal e não formal, à cultura, ao desporto, à saúde, ao emprego e formação, à participação cidadã, à informação, ao usufruto dos equipamentos e espaço públicos, a tudo o que uma cidade pode oferecer às pessoas que escolham Lagoa para viver, trabalhar, visitar ou estudar.

Assim, importa que Lagoa inspire e se deixe inspirar através deste trabalho em rede por mais de 490 cidades de 35 países, através de encontros periódicos, produção de documentos orientadores e capacitação das suas equipas, para que possamos estar preparados para transformar desafios em oportunidades de desenvolvimento e aprendizagem permanente por parte de todas as pessoas, conscientes da responsabilidade, enquanto governo local, em tirar partido das potencialidades educadoras que o território de Lagoa e os seus agentes sociais e económicos abrigam.

E foi com esta consciência e responsabilidade que Lagoa se candidatou junto da Rede Portuguesa para integrar a respetiva Comissão de Coordenação, eleita no passado dia 20 de janeiro em Valongo, conjuntamente com os Municípios de Águeda, Lisboa, Santo Tirso, Torres Vedras, Valongo e Vila Nova de Famalicão, que pretendem continuar a impulsionar este movimento pelo direito à Cidade Educadora em Portugal e no mundo por mais dois anos.

Mun Lagoa (Algarve)

Lagoa-Com-Coordenação-RTPCE