Eleição da Estrutura Concelhia da Juventude Popular de Albufeira

0
382
Juventude-Popular-Albufeira

No passado dia 22 do mês de janeiro tomou posse a Concelhia da Juventude Popular de Albufeira, composta na sua totalidade por novos militantes.

Da lista eleita, fazem parte Angélica Jorge enquanto presidente que, com 19 anos, é estudante de Psicologia na Universidade do Algarve; Paula Aleixo, trabalhadora independente com 18 anos assumiu a Vice-Presidência junto com Laura Encarnação, 19 anos, estudante de Línguas para Relações Internacionais; Pedro Rodrigues, 19 anos, trabalhador independente é o novo Secretário-Geral e são vogais Lara Cabrita, 19 anos, estudante de arquitetura paisagista Gabriel Jorge, 17 anos, estudante de Técnico de Multimédia e José Reis, 17 anos, estudante de Técnico de Turismo.

A Comissão Política de Concelhia eleita declarou entender a responsabilidade que lhes foi passada e manifestou vontade para trabalhar pelo desenvolvimento de Albufeira, nomeadamente, pelos interesses que dizem respeito à juventude do concelho.

A Presidente recém-eleita pretende fazer a diferença tendo a visão de que «Albufeira, apesar de ter como foco muito importante o turismo, deve sempre ter como foco principal os seus residentes e principalmente os mais jovens que constituem o futuro do concelho!», e vê ainda como essencial «estimular os jovens Albufeirenses durante os seus percursos escolares a prosseguirem para o ensino superior e trabalhos especializados» como também dar «apoio e divulgação a novas pequenas e médias empresas, iniciadas pelos jovens a fim de dinamizar a
nossa economia local e a criação de novos postos de trabalho, aumentando assim o movimento citadino durante o Inverno».

A equipa «sabe que o trabalho será árduo e existirão muitas adversidades pelo caminho, mas felizmente são um grupo unido com grandes qualidades e que irá empenhar-se para alcançar os seus objetivos».

Nos seus objetivos está definido “tornar o concelho mais acolhedor a todos os jovens, trabalhando para uma melhoria na vida social da população, fazendo com que as suas necessidades sejam supridas e se sintam melhor no seu município residente» e «além de procurar apenas o desenvolvimento social da região através dos muitos projetos que já estão a ser desenvolvidos, deve também desenvolver-se a vertente do debate público de forma a que os jovens possam despertar a sua voz política.»

Afirma também que «Os tempos não são fáceis e sabemos que muitas pessoas estão desiludidas com a política, rejeitando participar de forma ativa, todavia temos a convicção que através dos nossos projetos vamos conseguir atrair o interesse dos munícipes para as nossas causas. A política é para todos e cabe a nós todos, Albufeirenses, lutar pela melhoria do local onde vivemos.»

JP Algarve

Juventude-Popular-Albufeira