Lagoa reivindica Médicos para Ferragudo e Parchal

0
313
Lagoa-Médicos-Ferragudo-Parchal

Luís Encarnação, Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, reivindica, mais uma vez, médicos de Medicina Geral e Familiar para as extensões de saúde de Ferragudo e do Parchal, que há muito carecem de mais médicos para dar resposta às necessidades da população.

Lagoa aproveitou a visita da Secretária de Estado da Promoção da Saúde, Margarida Tavares, ao concelho, no âmbito da iniciativa “Saúde Aberta”, que decorreu em toda a região do Algarve, para demonstrar todos os constrangimentos que o concelho tem na área da saúde e reivindicar mais médicos para as extensões de saúde de Ferragudo e do Parchal.

A visita aconteceu na passada segunda-feira, durante o período da tarde, e contou com a presença da Secretária de Estado da Promoção da Saúde, Margarida Tavares, da vogal da Administração de Saúde do Algarve, I.P. (ARS Algarve), Josélia Gonçalves, do Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Luís Encarnação, da Vice-Presidente, Anabela Simão, responsável pelo pelouro da saúde, de membros do executivo municipal e de técnicos da Autarquia e do Centro de Saúde de Lagoa.

A comitiva visitou o Centro de Saúde de Lagoa, a Unidade de Saúde Familiar de Lagoa e a Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos (ECSCP).

O Município de Lagoa reivindica a criação de mais uma Unidade de Saúde Familiar (USF) no concelho, para dar resposta à população residente no território da União das Freguesias de Estômbar e Parchal e da Freguesia de Ferragudo, continuando a USF já existente a dar resposta à população de Porches, de Lagoa e de Carvoeiro. O Município de Lagoa considera, há muito tempo que, apesar do enorme esforço dos médicos, enfermeiros e auxiliares de saúde, a criação de mais uma USF é fundamental para a promoção de cuidados de saúde de qualidade, de forma mais célere e homogénea em todo o concelho.

Para além de reivindicar, o Município de Lagoa demonstrou-se disponível para fazer parte da solução, disponibilizando-se para realizar as obras necessárias para aumentar a extensão de saúde do Parchal para vir a acolher a nova USF.

“É importante intervirmos, o quanto antes, nas instalações do Centro de Saúde de Lagoa e nas suas extensões, porque muitos destes edifícios nunca tiveram uma única intervenção. No entanto não resolve os problemas na área da saúde do concelho. Necessitamos de mais médicos para responder às necessidades da população”, afirmou Luís Encarnação.

Mun Lagoa(Algarve)

Lagoa-Médicos-Ferragudo-Parchal-1