SB de Alportel | Feira da Serra 2023 e Rota da Memória apresentadas na BTL

0
1515
SBA-na-BTL-1

Presente em mais uma edição da Bolsa de Turismo de Lisboa, o Município de São Brás de Alportel deu a conhecer o potencial turístico do seu território entre 1 e 5 de março. Natureza, cultura, património, gastronomia, história, tradições e experiências foram promovidas pelo Gabinete Municipal de Turismo no stand do Município integrado no Espaço Algarve, com particular destaque para as novidades, como a Casa da Serra e a Casa Memória da EN2.

Este foi também o momento escolhido para dar a conhecer a edição de 2023 da Feira da Serra de São Brás de Alportel, que regressa entre 27 e 30 de julho, assim como a apresentação da Rota da Memória de São Brás de Alportel, um novo produto turístico que estará disponível aos visitantes já no próximo verão e que convida a uma descoberta interessante do território.

A apresentação destas novidades ocorreu na sexta-feira, dia 3, no palco Espaço Algarve.

A amêndoa vai ser o produto estrela da Feira da Serra deste ano, revelou o presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, Vitor Guerreiro. “Rainha da doçaria, que hoje representa o setor industrial mais dinâmico do concelho e com maior expressão na região, a amêndoa será a convidada especial desta edição que promete continuar a inovar a tradição”, referiu perante a plateia.

Ao longo de quatro dias plenos de emoção para a família, a Feira da Serra continua a ter na receita do seu sucesso o artesanato, a gastronomia e a animação em cinco espaços diferentes. Para breve está o anúncio do cartaz de espetáculos do Palco Principal, onde o município se orgulha de apresentar nomes de grande notoriedade da música portuguesa a par da revelação de novos talentos locais.

A apresentação da Rota da Memória de São Brás de Alportel coube à Vice-presidente, Marlene Guerreiro. “Uma rota com o Tempo, por destino, por veredas da saudade”, descreveu apontando que este é um projeto nascido no âmbito da estratégia que o Município tem prosseguido, passo a passo, para valorizar a memória, enquanto riqueza maior da comunidade.

Esta rota convida a conhecer o Espaço Memória do Município, a Casa Memória da EN2, a Casa da Serra, o Centro Museológico do Alportel, o Moinho do Bengado, o Espaço Memória do Sanatório Vasconcelos Porto, a réplica artística do Hidroavião Santa Cruz, o Centro Explicativo e de Acolhimento da Calçadinha, bem como o Museu do Traje, o  Largo de São Sebastião e a Avenida da Liberdade e ainda a original Exposição Circular “Da Roda do Tempo ao Tempo da Roda” que está patente no Terminal Rodoviário “Circular”. A Rota integrará ainda o futuro Pólo Museológico “Escola Museu” que vai estar patente no Centro de Artes e Ofícios, antigo Palácio Episcopal. Além destes espaços com gestão municipal, estão ainda integrados nesta rota os projetos privados do Núcleo Museológico do Automóvel, uma interessante coleção familiar de veículos patente na Rua José Dias Sancho e do Núcleo Museológico das Máquinas de Escrever, patente em plena Avenida da Liberdade, que dá a conhecer uma coleção de mais de mil máquinas de escrever.

Marlene Guerreiro explicou que esta rota tem por objetivo integrar todo um conjunto de espaços significativos do concelho, como seja também o São Brás CineTeatro Jaime Pinto e o Mercado Municipal, que podem ser visitados, e contam a sua história.

Este projeto surgiu de forma espontânea e informalmente, à medida que mais um espaço ia sendo reabilitado e mais uma porta reabria, deixando ver mais um recanto da História do concelho e da sua gente. Um projeto que nasce da vontade do município – partilhada pela comunidade – de guardar a sua Memória, um tesouro de Todos!”, observou.

Importa recordar que a Bolsa de Turismo de Lisboa é o maior evento de promoção turística nacional tendo os participantes possibilidade de ter contacto direto com potenciais visitantes assim como com agentes turísticos nacionais e internacionais que ao conhecer as mais diversas propostas vão desenhar os pacotes turísticos para os seus clientes.

CM SBA