Mercedes-Benz | Lançamento da Inovadora Fábrica de Reciclagem de Baterias na Alemanha

0
566
Reciclagem-Baterias-1
  • Processo inovador hidrometalúrgico mecânico: a taxa de reciclagem aumenta para mais de 96 %
  • O desmantelamento mecânico de baterias será iniciado este ano
  • Fecho do ciclo económico: passo importante no sentido do aprovisionamento sustentável de matérias-primas para os veículos da marca Mercedes-EQ
  • Neutralidade carbónica: sistema fotovoltaico e equilíbrio do balanço energético com energia verde totalmente adquirida pela central elétrica neutra em emissões de CO2

A Mercedes-Benz celebrou a cerimónia de lançamento da sua nova fábrica inovadora de reciclagem de baterias em Kuppenheim, Alemanha, reduzindo o consumo de recursos naturais e estabelecendo um ciclo fechado nas matérias-primas para o fabrico de baterias com a reciclagem das mesmas. A entrada em funcionamento da primeira fase da fábrica – desmantelamento mecânico de baterias de veículos elétricos – está prevista para o final deste ano. Em função do resultado das promissoras discussões com o setor público, apenas alguns meses mais tarde será criada uma instalação-piloto de hidrometalurgia.

Atualmente, esta abordagem inovadora para um conceito de reciclagem integrada dentro de uma única fábrica, é única na Europa. A Mercedes-Benz está a investir dezenas de milhões de euros na construção da central elétrica neutra em CO2, que é financiada pelo Ministério da Economia e Proteção Climática da Alemanha no âmbito de um projeto de investigação científica. Este investimento reforça a função das instalações de Kuppenheim no seio da rede mundial de produção da Mercedes-Benz e assinala uma etapa crucial para a estratégia empresarial sustentável da Mercedes-Benz na transição para a produção exclusiva de veículos elétricos.

Na cerimónia estiveram presentes Jörg Burzer, membro do Conselho de Administração da Mercedes-Benz Group AG e responsável pelo departamento de gestão da produção e cadeia de aprovisionamento, e ainda Michael Brecht, presidente do sindicato de trabalhadores da fábrica de Gaggenau, à qual a fábrica de Kuppenheim está associada. Na cerimónia estiveram ainda presentes Thekla Walker, Ministra do Ambiente, Proteção Climática e Energia de Baden-Württemberg, e ainda outros convidados de honra.

No futuro, a fábrica de reciclagem de baterias da Mercedes-Benz em Kuppenheim irá abranger todos os passos: desde o desmantelamento ao nível dos módulos, passando pela trituração e secagem, até ao processamento das matérias-primas finais para o fabrico de baterias. O processo hidrometalúrgico com uma taxa de recuperação superior a 96 % permite uma verdadeira economia circular das matérias-primas para o fabrico de baterias.

A Mercedes-Benz está a cooperar com o parceiro tecnológico Primobius (consórcio entre a empresa de engenharia mecânica alemã SMS Group e a empresa australiana criadora do projeto Neometals). No âmbito do abrangente projeto de investigação científica, todo o processo de reciclagem de baterias também é considerado, onde se incluem, entre outros, o desenvolvimento dos conceitos de logística, a reciclagem sustentável das valiosas matérias-primas e a reintegração dos materiais reciclados na produção de novas baterias. Desta forma, os parceiros estão a dar um importante contributo para a expansão futura da indústria de reciclagem de baterias na Alemanha.

A fábrica-piloto deverá ter uma capacidade anual de 2.500 toneladas. Os materiais reciclados serão reintroduzidos no ciclo de reciclagem para a produção de mais de 50.000 módulos de bateria para os novos modelos da Mercedes-Benz. Com base nos resultados de investigação da fábrica-piloto, os volumes de produção podem ser expandidos no médio e longo prazo.

Abordagem abrangente à criação de valor das baterias

A Mercedes-Benz adotou uma abordagem abrangente à economia circular de sistemas de bateria, tendo em consideração três assuntos fundamentais: economia circular, retenção de valor e fecho do ciclo. Durante o desenvolvimento de um veículo, a empresa cria um conceito para cada modelo de veículo no qual todos os componentes e materiais são analisados quanto à sua aptidão no contexto de uma economia circular.

A reciclagem de materiais das matérias-primas utilizadas, como o lítio, níquel e o cobalto, é uma parte integral desta abordagem que também começa com o design dos componentes. Esta abordagem abrange toda a cadeia de fornecimento, desde a extração de minérios até à reciclagem. É também prestada elevada atenção à observância dos direitos humanos nas condições de trabalho dos trabalhadores.

A Mercedes-Benz fornece baterias recondicionadas como peças de substituição para todos os veículos elétricos para fazer jus ao conceito de ciclo económico fechado e para conservar recursos. Além disso, a Mercedes-Benz estabeleceu um modelo de negócio de sucesso com sistemas de armazenamento de energia estáticos de larga escala através da sua subsidiária Mercedes-Benz Energy.

As baterias que não podem mais ser utilizadas nos veículos podem continuar a ser utilizadas num sistema de armazenamento de 2ª vida.

A reciclagem de material situa-se no fim do ciclo de vida de uma bateria e é fundamental para fechar o ciclo dos materiais recicláveis.

Mercedes Benz