Ténis | Faria, Araújo e Coelho avançam para a Segunda Ronda do The Campus Open

0
456
Ténis-Jaime-Faria

Os portugueses Jaime FariaPedro Araújo e Fábio Coelho avançaram, na tarde de quinta-feira, para a segunda ronda do quadro principal de singulares do The Campus Open, onde a chuva deu tréguas e permitiu o reatar da ação. Ainda assim, houve encontros da primeira ronda adiados para a jornada de sexta-feira no Resort da Quinta do Lago, que a par da Federação Portuguesa de Ténis apoia a sexta edição do torneio.

O primeiro a seguir em frente foi Fábio Coelho. Na Vilamoura Tennis & Padel Academy, que voltou a apoiar a realização dos encontros em atraso por causa do mau tempo, o atual campeão nacional absoluto e número 1011 do ranking ATP levou a melhor sobre o compatriota Tiago Pereira (1438.º), de 18 anos, por 7-6(5) e 6-3.

Esta foi a primeira vitória de Fábio Coelho em quadros principais de singulares na atual temporada, ele que havia perdido na ronda de acesso dos torneios de Vila Real de Santo António e Faro.

O próximo adversário do jogador de Oliveira de Azeméis será Filip Peliwo, canadiano naturalizado polaco que ocupa a 376.ª posição do ranking (é o quarto cabeça de série do torneio) e já esteve na 161.ª, em maio de 2018.

Depois, já nos courts do The Campus (onde a ação desta quinta-feira começou com a última ronda do qualifying), Pedro Araújo (645.º) destacou-se ao eliminar o primeiro cabeça de série.

O lisboeta de 21 anos não entrou bem no encontro com o polaco Kacper Zuk (atual 258.º e ex-162.º), mas recuperou a tempo de vencer no match tie-break — devido ao atraso considerável por causa do mau tempo, a Federação Internacional de Ténis (ITF) aprovou esta solução como substituição do habitual terceiro set nos encontros das primeira e segunda rondas.

2-6, 6-4 e 13-11, ao quarto match point, foram os parciais que permitiram ao vice-campeão nacional absoluto de 2021 assinar a melhor vitória dos últimos 11 meses e juntar-se na segunda ronda ao francês Kyrian Jacquet, também de 21 anos e número 457 mundial que chegou a ser 300 em outubro de 2021.

Praticamente em simultâneo, Jaime Faria (592.º) seguiu pelo mesmo caminho e também ele com uma vitória frente a um dos cabeças de série. O lisboeta de 19 anos realizou uma exibição autoritária e impôs-se por 6-4 e 6-3 ao britânico Billy Harris (número 378 mundial e quinto pré-designado) ao cabo de 1h34.

Com este resultado, o jovem português agendou encontro na segunda ronda com Eliakim Coulibaly (510.º), da Costa do Marfim.

Já sem chuva, mas numa corrida contra o pôr do sol, a jornada foi interrompida devido à falta de luz natural com sete encontros da primeira ronda “pendurados”: três deles interrompidos, quatro ainda por começar — entre os quais o duelo 100% português entre Gonçalo Oliveira (campeão em Loulé no domingo) e Henrique Rocha (vencedor em Vila Real de Santo António duas semanas antes), mas também o encontro de Duarte Vale frente ao britânico Daniel Cox.

GRL

Ténis-Pedro-Araújo