Ténis | ‘Jesper de Jong’ é o novo Campeão do The Campus Open

0
334
Ténis-Jesper-de-Jong

Jesper de Jong sagrou-se, este domingo, campeão de singulares do The Campus Open, o torneio internacional masculino de 25.000 dólares que aconteceu pela sexta vez com os apoios do Resort da Quinta do Lago e da Federação Portuguesa de Ténis. Mats Hermans e Mick Veldheer, também dos Países Baixos, conquistaram o título de pares.

Número 294 do ranking ATP (foi 160.º em junho de 2022), Jesper de Jong impôs-se ao japonês Naoki Nakagawa (455.º) em três partidas, com os parciais de 6-1, 5-7 e 6-4, após 2h13.

Dividida em três “atos”, a final deste domingo começou com De Jong a expor todo o seu arsenal e a tirar proveito de uma pancada de serviço extremamente apurada para, num ápice, ganhar vantagem frente a um adversário que entrou pouco concentrado. Mas depois Nakagawa — que na véspera afastou o português Henrique Rocha — reagiu, prolongou as trocas de bolas e com um aumento da consistência desde a linha de fundo entrou na discussão do título.

A partir do momento em que o nipónico começou a oferecer réplica a final tornou-se equilibrada e quer a segunda partida, quer a terceira foram resolvidas com quebras de serviço na reta final: na segunda, de Jong acusou a pressão quando serviu para garantir um tie-break; na terceira, uma entrada nervosa de Nakagawa ao 4-4 deu ao adversário a oportunidade de que precisava para consumar a vitória.

“É uma ótima sensação. Passei por um período difícil, por isso é muito bom voltar a conquistar um título. Esta semana não joguei o meu melhor ténis, por isso saio ainda mais confiante daqui e espero continuar a evoluir”, afirmou Jesper de Jong após carimbar a quinta vitória de uma semana que descreveu como “pouco ortodoxa” pela ginástica que foi necessária de forma a amortizar os atrasos causados pela chuva nas primeiras jornadas.

“O meu objetivo é entrar no qualifying de um torneio do Grand Slam ou em Roland-Garros, ou em Wimbledon. Tenho trabalhado muito para voltar a subir o meu ranking, por isso estou feliz por ver que está a dar resultado“, concluiu o tenista de 22 anos — que no The Campus conquistou o quinto título de singulares da carreira e o primeiro desde a vitória no Challenger de Almaty, no Cazaquistão, em junho de 2021.

Depois da celebração de Jesper de Jong ainda houve tempo para mais uma celebração de jogadores dos Países Baixos, pois Mats Hermans e Mick Veldheer conquistaram o título em pares: os dois neerlandeses levaram a melhor na final contra o chileno Diego Fernandez Flores e o espanhol Adria Soriano Barrero (que ao início da tarde afastaram os portugueses Jaime Faria e Duarte Vale nas meias-finais) em duas partidas, por 6-4 e 6-3.

No final, Roque Rocha, o diretor do torneio, fez um balanço positivo da sexta edição do The Campus Open: “No início foi bastante complicado porque tivemos três ou quatro dias em que foi difícil jogar devido à chuva, mas esforçámo-nos e também temos de agradecer à Vilamoura Tennis & Padel Academy porque pudemos utilizar alguns campos. No final conseguimos levar o torneio avante e terminámos bem, com uma grande final entre dois excelentes jogadores.”

O The Campus Open regressará em 2024, mas ainda antes voltará a haver ténis internacional no Resort da Quinta do Lago: “A sétima edição do torneio masculino vai certamente acontecer, mas primeiro, já em outubro, teremos a segunda edição do The Campus Ladies Open. Queremos manter estas duas provas no calendário.”

GRL

Ténis-Mats-Hermans-Mick-Veldheer
Ténis-Naoki-Nakagawa
Ténis-Grupo