Cruz Vermelha Portuguesa | Apelo à Consignação no IRS para Apoiar População mais Vulnerável

0
766
CVP-Consignação-IRS

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) está a registar um aumento dos pedidos de ajuda e alerta para o agravamento do ciclo de pobreza em Portugal. Em 2022, os pedidos de ajuda de famílias em grande situação de vulnerabilidade aumentaram 74%.

São cada vez mais as histórias de quem já não consegue pagar alimentos e a renda da casa, encontrando-se em risco de ficar na situação de sem-abrigo. Só nos dois primeiros meses deste ano, a equipa central da CVP recebeu 100 pedidos de ajuda, valor que mais do que duplica os números do mesmo período de 2022.

Face a esta grave emergência social, a CVP apela aos portugueses que consignem 0,5% do seu IRS a esta Instituição. Com esta dádiva generosa, cada um está a ajudar mais de 55 mil famílias em cuidados básicos e de primeira necessidade, a apoiar mais de 6.500 vítimas de violência doméstica, e a garantir muitas outras ações humanitárias junto de idosos isolados e de pessoas sem-abrigo.

Com o mote “Há escolhas que ninguém deve ter que fazer”, a CVP vai avançar com uma campanha nacional na televisão e no digital, desenvolvida pela agência LolaNormaJean e com a participação de Nuno Lopes e Inês Castel-Branco. Juntos recordam histórias de quem a Cruz Vermelha Portuguesa ajuda diariamente e para quem a consignação de 0,5% do IRS é tão importante.

Consignar 0,5% do IRS à CVP não tem qualquer custo e ajudará a responder melhor a todos os pedidos que não param de crescer.

Ao preencher a sua Declaração de IRS basta colocar uma cruz no espaço próprio do modelo da Declaração do IRS, com a indicação do NIF 500 745 749 – CVP.

WLP

CVP-Consignação-IRS