Clube de Produtores Continente | Plataforma para Combater o Desperdício Alimentar na Produção

0
269
Clube-Produtores-Continente

“Nada se perde, tudo se transforma” é o mote da Feira do Desperdício, a nova plataforma criada pelo Clube de Produtores Continente (CPC) para combater o desperdício alimentar na produção.

Para utilização exclusiva dos membros e parceiros do CPC, a Feira do Desperdício é lançada com a missão de facilitar parcerias entre os produtores, a indústria, o retalho e a investigação, criando, assim, a possibilidade de dar uma segunda vida aos excedentes gerados pela produção de alimentos.

Ao juntar a oferta e a procura num único local, a Feira do Desperdício (https://feiradodesperdicio.continente.pt/) põe em contacto potenciais interessados e impulsiona a inovação de produtos e processos.

“Com a Feira do Desperdício, o Clube de Produtores Continente pretende promover a economia circular e reduzir o desperdício alimentar na produção, tal como definido na nossa “Declaração para a Sustentabilidade“, baseada em 11 princípios e diversas iniciativas.  A Feira do Desperdício facilita a troca de informação entre fornecedores e tem como grande missão gerar valor para todos os intervenientes”, afirma Ondina Afonso, presidente do Clube de Produtores Continente. 

A “Declaração para a Sustentabilidade” do CPC, que conta atualmente com 267 membros, está alinhada com o 12º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU (produção e consumo sustentáveis), com a estratégia europeia “do Prado ao Prato” (sistema alimentar justo, saudável e respeitador do ambiente), e com o Roteiro para Neutralidade Carbónica 2050. 

O 10º princípio desta Declaração visa a “promoção de uma economia circular segura, pela redução do desperdício ao nível das explorações agrícolas, agropecuárias, pescas, aquicultura e transformação agroalimentar pela valorização de subprodutos (sempre que aplicável) em novos produtos, respeitando os princípios da qualidade e segurança alimentar”. 

Todos os princípios da Declaração para a Sustentabilidade do CPC têm data de implementação definida, até 2024, e a Feira do Desperdício vai contribuir para alcançar estes objetivos. Porque “nada se perde, tudo se transforma”.

Evaristo