SB de Alportel | Centro de Meios Aéreos entra hoje em Funcionamento

0
1184
Centro-Meios-Aéreos-SBA-4

Entrou hoje em funcionamento, dia 17 de maio, o Centro de Meios Aéreos  de São Brás de Alportel. Um investimento em segurança que visa operacionalizar uma resposta célere e eficaz em situações de incêndio rural para toda a região do Algarve.

No âmbito da missão prioritária de prevenção e combate a incêndios rurais, a Câmara Municipal de São Brás de Alportel, em parceria com o Comando Regional do Algarve da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) e com o apoio do Instituto da Mobilidade e dos Transportes I.P (IMT) procedeu às necessárias intervenções para dotar o espaço do Parque de Manobras do IMT com as condições necessárias para acolher o novo Centro de Meios Aéreos de São Brás de Alportel. Os trabalhos contaram ainda com o apoio do Município de Loulé, Bombeiros Voluntários de São Brás de Alportel e Clube de caça “os vizinhos dos Machados”.

Um Centro Operacional de importância estratégica essencial para fazer face às necessidades decorrentes do combate aos incêndios rurais e projeção de forças e meios de apoio, que irá manter-se ativo até dia 15 de outubro, aquando do término do período mais exigente do Dispositivo de Combate a Incêndios Rurais (DECIR).

Trata-se de um projeto executado com o empenho de muitas equipas, elementos técnicos e operacionais do município que em tempo recorde adaptaram o espaço, que permitiu acolher desde já um helicóptero ligeiro, a operar a partir de hoje, seguindo-se outras aeronaves a partir do dia 1 de junho com destaque para um helicóptero bombardeiro pesado que passa a poder operar a partir desta infraestrutura, conferindo um incremento na rede estratégica de proteção civil da Região, nomeadamente no que concerne a bases de operação de meios aéreos e locais de concentração de meios de combate terrestre.

O Centro mereceu a aprovação pela Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC) para operar meios de proteção civil e socorro, bem como pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, sob coordenação do Comando Regional.

Este investimento, no âmbito do Dispositivo de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), comprova uma vez mais a capacidade de articulação e trabalho em parceria das diferentes entidades envolvidas, na otimização de respostas às necessidades dos territórios e suas populações, sob a égide do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro (SIOPS).

CM SBA