Mercedes-Benz eleva Controlo por Voz nos Automóveis para um Novo patamar com ChatGPT

0
353
Mercedes-Benz-ChatGPT-3
  • A Mercedes-Benz implementa o ChatGPT nos automóveis equipados com MBUX para os clientes dos Estados Unidos através do Serviço Microsoft Azure OpenAI
  • Proteção de dados e processos informáticos geridos pela Mercedes-Benz
  • Programa beta do MBUX com início a 16 de junho de 2023

A Mercedes-Benz está a expandir adicionalmente a utilização de inteligência artificial e a integrá-la no controlo por voz dos seus automóveis. Ao implementar o ChatGPT, o controlo por voz através do Assistente de Voz Hey Mercedes do MBUX irá tornar-se ainda mais intuitivo. Um programa beta opcional terá início a 16 de junho de 2023 nos Estados Unidos para mais de 900.000 veículos equipados com o sistema de informação e de entretenimento MBUX[1].

Os clientes podem participar através da app Mercedes me ou diretamente a partir do veículo utilizando o comando de voz “Hey Mercedes, quero aderir ao programa beta”[2]. A ativação do programa beta irá ocorrer remotamente. A Mercedes-Benz integra o ChatGPT através do serviço Azure OpenAI, alavancando os recursos de nível empresarial da nuvem da Microsoft e da plataforma de inteligência artificial.

Adição do controlo por voz através do assistente Hey Mercedes

O Assistente de Voz MBUX da Mercedes-Benz já estabeleceu referências na indústria automóvel e é conhecido pela sua utilização intuitiva e por um amplo conjunto de comandos. O condutor e os passageiros podem receber atualizações de resultados desportivos e da meteorologia, obter respostas às suas questões sobre o local onde se encontram e até controlar as suas casas inteligentes.

O ChatGPT complementa o atual controlo por voz intuitivo através do assistente Hey Mercedes. Enquanto a maioria dos assistentes de voz são limitados a tarefas e respostas predefinidas, o ChatGPT utiliza um vasto modelo de linguagem para melhorar significativamente a compreensão de linguagem natural e expandir os assuntos sobre os quais pode responder.

A Mercedes-Benz combina o melhor de ambos os mundos, reforçando os dados validados do Assistente de Voz do MBUX com o formato de diálogo mais natural do ChatGPT. Os utilizadores irão experimentar um assistente de voz que não só aceita comandos de voz naturais como também consegue conversar. Brevemente, os participantes que solicitem ao Assistente de Voz detalhes sobre os seus destinos, sugestões para uma nova receita para jantar, ou uma resposta a uma questão complexa, irão receber uma resposta mais completa – enquanto mantêm as mãos no volante e os olhos na estrada.

A Mercedes-Benz assegura a proteção dos dados

Uma colaboração com a Microsoft permite a integração do ChatGPT. Através do serviço Azure OpenAI, a Mercedes‑Benz está a aproveitar os modelos de IA generativa em grande escala da OpenAI, combinados com os recursos de segurança, privacidade e fiabilidade de nível empresarial do Azure. A Mercedes-Benz mantém o controlo total sobre os processos informáticos no servidor. Os dados dos comandos de voz recolhidos são armazenados na nuvem inteligente da Mercedes-Benz, onde são tornados anónimos a analisados.

A proteção de dados é uma prioridade máxima para a Mercedes-Benz. Os clientes sabem sempre qual a informação que é recolhida e qual o propósito da recolha, e têm liberdade para tomar as suas próprias decisões. A Mercedes-Benz protege os dados de todos os clientes contra a manipulação e a utilização não autorizada.

A Mercedes-Benz oferece aos clientes a oportunidade de experimentarem as mais recentes tecnologias nos seus automóveis, como os primeiros a adotar. O programa beta concentrado nos Estados Unidos está previsto durar três meses. Em contrapartida, os programadores da Mercedes-Benz obterão informações úteis sobre pedidos específicos, o que lhes permitirá definir prioridades precisas no desenvolvimento do controlo por voz. Os resultados do programa beta serão utilizados para a melhoria do assistente de voz intuitivo e para definir a estratégia de implementação de grandes modelos de linguagem em mais mercados e idiomas.

ChatGPT em conformidade com os princípios de utilização da IA na Mercedes-Benz

GPT é a sigla de “Generative Pre-trained Transformer”, uma família de grandes modelos de linguagem que foram treinados para criar ou resumir textos, responder a questões, traduzir idiomas e até gerar código de programação. O ChatGPT é baseado numa rede neuronal sofisticada desenvolvida pela empresa OpenAI.

A Mercedes-Benz está a adotar uma abordagem à integração do ChatGPT que se alinha com os princípios de IA da empresa, para tornar os benefícios de soluções inovadoras de IA acessíveis aos clientes. A Mercedes-Benz mantém-se atenta aos potenciais riscos e o sistema será continuamente melhorado para benefício de todos os clientes. Uma abordagem responsável às soluções de IA generativas é a principal prioridade da Mercedes-Benz.

[1] Todos os veículos equipados com MBUX das séries de modelos A 238, C 118, C 167, C 238, C 253, C 254, C 257, H 247, N 293, R 232, S 213, V 167, V 177, V 295, V 297, W 206, W 213, WV 223, X 167, X 243, X 247, X 253, X 254, X 294, X 296, Z 223 e Z 296.

[2] Se os clientes não tiverem uma conta Mercedes me e a subsequente ativação dos serviços pretendidos no portal Mercedes me ou na app Mercedes, não serão transmitidos dados a partir do veículo. Isto aplica-se a todos os modelos e séries de modelos. No entanto, existem duas exceções em que determinados dados são transmitidos por certos sistemas: o sistema de chamada de emergência da Mercedes-Benz e o sistema de chamada de informação e de assistência de avaria da Mercedes-Benz.

Mercedes-Benz