Nu Meio – Bailão | O casal Mila e Firmino no Teatro de Palha em Aljezur

0
321
Aljezur-Dança-NuMeio-4

Mila (Filipa Francisco) e Firmino (Bruno Cochat) rumam ao sul, até Aljezur. Juntos desde 1996, este casal nunca mais parou de maldizer a condição do que é ser português, sempre com muito humor.

“Nu Meio – Bailão” vai decorrer no Teatro de Palha, em Aljezur, a convite da Lavrar o Mar, dia 8 de julho às 21h30.

“Nu Meio” ironiza a relação de um casal tipicamente português que se refugia no fado e na maledicência. O homem, Firmino, demarca um território no meio do palco de onde as duas personagens não podem sair. A mulher, Mila, tenta obsessivamente trepar, agarrar, sufocar este “homem-montanha”. O diálogo entre as personagens é como uma novela, cheio de lugares comuns, de palavras que explicam encontros e desencontros, de risos estridentes e de cânticos de igreja transformados em opereta. Donatello Brida acompanha ao acordeão o evoluir dos acontecimentos.

No final do espetáculo há um baile, abrilhantado pelo DJ António-Pedro aka Mister António, para o qual todos estão convidados.

Os intérpretes usam, como base para os seus diálogos, acontecimentos recentes do país, da cidade e da ocasião em que “Nu Meio” se apresenta. Para completar estes diálogos, os criadores recolhem, no local onde se realiza o espetáculo, histórias de amor, através de entrevistas a casais de diferentes gerações.

“Filipa Francisco e Bruno Cochat têm desenvolvido diferentes vias de construção do espetáculo dentro do espetáculo explorando com humor e ironia a relação autor/ator/espectador. Em “Nu Meio” confrontam-nos com a situação do autor enquanto
espectador de si próprio. A improvisação, a interação com o público, a separação das rotinas gestuais dos respetivos conteúdos emocionais e a desadequação dos figurinos aos movimentos que se executam, funcionam como elementos de surpresa e desconstrução do espetáculo.” Escreve Maria de Assis, no seu livro “Movimentos Presentes – Aspectos da Dança Independente em Portugal”.

“Nu Meio” estreou em 1996, a 29 de abril, dia Mundial da Dança, na Culturgest, em Lisboa. Desde então tem sido apresentado por todo o país.

LV