Politécnico de Setúbal recebe candidaturas a CTeSP

0
452
Politécnico-Setúbal

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) tem a decorrer, até ao próximo dia 16 de agosto, a 1ª fase de candidaturas aos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), formações de curta duração a que podem aceder todos os alunos com o ensino secundário completo ou ensino profissional equivalente.

Para o ano letivo de 2023/2024, o IPS abre vagas para um total de 23 CTeSP, em áreas tão diversas como Videojogos e Aplicações Multimédia, Veículos Elétricos, Desportos de Natureza, Produção Audiovisual, Serviço Familiar e Comunitário, Assessoria de Gestão e Logística, entre muitas outras dentro dos universos das ciências sociais, ciências empresariais e da tecnologia.

Neste âmbito, destaca-se a abertura, em Lisboa (INETE – Instituto de Educação Técnica), do CTeSP em Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação, em parceria com a consultora CGI, que, no âmbito de um programa específico – Acceleration Program – assegura todos os encargos com propinas, o pagamento de uma bolsa mensal e ainda a oportunidade de aprender em ambiente real de trabalho. Com condições similares, o IPS dá também continuidade ao CTeSP em Tecnologias Informáticas, numa parceria com a consultora multinacional Deloitte, enquadrada no Programa BrightStart.

Recorde-se que algumas destas formações de curta duração estão igualmente disponíveis  em Ponte de Sor (Produção Aeronáutica), Sines (Automação, Robótica e Controlo Industrial; Manutenção Industrial; e Logística) e zona norte de Lisboa, no âmbito da Plataforma de Ensino Superior Politécnico para este território. Nesta área são ministrados os cursos de Produção Audiovisual (Amadora), Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação (Amadora e Lisboa), Tecnologias de Laboratório Químico e Biológico (Loures e Vila Franca de Xira), e Logística (Loures).

Esta oferta formativa é apoiada financeiramente por fundos europeus dos Programas Operacionais Regionais Centro, Lisboa e Alentejo e do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Os CTeSP são formações de ensino superior com a duração de dois anos letivos, que incluem um semestre de estágio e se distinguem por ser cursos fundamentalmente práticos, que potenciam o contacto real com o mercado de trabalho, permitindo também prosseguir estudos para licenciaturas.

A candidatura aos CTeSP é submetida, exclusivamente, através do preenchimento do formulário online, no portal do IPS.

IPS