Too Good To Go | Desperdício Alimentar no Verão: Frutas e Verduras são os Alimentos mais Desperdiçados

0
483
Too-Good-To-Go-3
  • 61% dos portugueses afirma que se sentem incomodados ou que ficam com a consciência pesada quando desperdiçam alimentos 
  • Quase metade dos inquiridos acredita que nesta época se estraga mais comida devido ao calor
  • 28% afirmam que se desperdiça mais comida porque no verão temos menos fome e não somos capazes de terminar as refeições. 18% explicam que o maior desperdício se deve ao facto de fazer as refeições fora de casa
  • Too Good To Go reuniu várias dicas e truques infalíveis para reduzir o desperdício alimentar em casa no verão.

Too Good To Go, empresa de impacto social B Corp, responsável pelo maior mercado mundial de excedentes alimentares, apresenta os resultados do seu mais recente estudo*, sobre o desperdício de comida por parte dos portugueses na época de maior calor: o verão.

O estudo revelou que os portugueses se encontram consciencializados para o problema que é o desperdício alimentar- já que 61% afirma que fica incomodado ou com a consciência pesada quando desperdiça comida e 66% dos inquiridos dizem estar muito consciente dos alimentos que se desperdiçam em casa. Aliás, 7 em cada 10 portugueses confessam fazer tudo o que lhes é possível para que não desperdicem alimentos.

Apesar destes números, os portugueses crêem que o verão é a estação em que se desperdiça mais comida. 32% dos inquiridos afirmam que nesta época é mais difícil controlar os alimentos desperdiçados. Isto deve-se a vários factores. 48% afirmam que o verão é mais propício ao desperdício devido ao calor (que estraga mais rapidamente os alimentos), 28% acreditam que nesta altura do ano se tem menos fome e que não conseguimos ingerir todos os alimentos preparados e 18% explicam que o maior desperdício se deve ao facto de se fazerem as refeições fora de casa. 

Quando inquiridos sobre os alimentos que mais se desperdiçam no verão, os portugueses estão em concordância: quase metade (46%) afirma que é a fruta. Seguem-se as verduras, com 37% a afirmar que são o alimento que mais se desperdiça no verão, seguida dos produtos lácteos (22%) e da carne (12%).

Nos últimos anos, temos visto que os portugueses fazem um esforço adicional para evitar o desperdício – o que nos deixa muito felizes. Conforme comprovado neste estudo, vemos que os portugueses adotam várias estratégias para conservar os alimentos durante mais tempo“, explica Mariana Banazol, diretora de Marketing da Too Good To Go para Portugal e Espanha. “Usar o congelador para conservar os alimentos durante mais tempo, guardar os alimentos em caixas herméticas, planear as refeições para evitar comprar alimentos a mais, reutilizar as sobras para outras receitas ou esvaziar o frigorífico antes de ir de férias já são, por esta ordem, as estratégias mais comuns na casa dos portugueses. Estes são gestos pequenos mas que fazem uma grande diferença quando falamos no combate ao desperdício alimentar“.

Também nas férias há a preocupação em não gastar demasiados recursos. Nos restaurantes, mais de metade dos inquiridos afirma pedir que embalem a comida que sobrou para levar para casa. Nesta situação, apenas 13% dos portugueses consideram ficar com vergonha de fazer este pedido. Já quando estão em hotéis com restaurantes em regime buffet, a esmagadora maioria (93%) declara servir pouca quantidade de comida de cada vez – de forma a evitar sobras.

Dicas para evitar o desperdício alimentar no verão 
Saber por onde começar esta viagem de combate ao desperdício alimentar pode ser complexa. Por isso, a Too Good To Go reuniu várias dicas e truques infalíveis para: 1) reduzir o desperdício em casa e 2) aproveitar as sobras da melhor forma possível. 

#1 Planear, planear, planear
Nunca é demais dizer que o planeamento pode fazer maravilhas pelo ambiente – e pela sua carteira. Planeie as suas refeições e faça uma lista apenas daquilo que precisa. Verá que a conta do supermercado irá baixar, assim como o desperdício.

#2 Organize a despensa e o frigorífico 
Basta deixar os alimentos com uma data de validade mais curta à frente, para que os possa consumir antes de se estragarem. No entanto, lembre-se que o prazo de validade é apenas um indicador de qualidade, no que toca a alimentos com o rótulo “Consumir de preferência antes de”. Antes de desperdiçar comida, faça o teste do “Observar-cheirar-provar” para saber se os alimentos estão aptos para consumo. 

#3 Priorize compras sazonais e sustentáveis
Faça compras mais sustentáveis, optando por produtos sazonais ou utilizando aplicações como a Too Good To Go para comprar os excedentes diários de milhares de restaurantes, padarias, supermercados, entre outros estabelecimentos comerciais, para ajudar a salvar alimentos a preços mais acessíveis e evitar o desperdício alimentar. 

#4 Prolongue a vida útil dos frutos maduros
Só precisa de um congelador. Se quiser aromatizar as suas bebidas de verão, basta colocar alguns pedaços de fruta madura numa cuvete de gelo. Dê largas à sua imaginação e surpreenda-se com este truque. Terá cubos de gelo anti-desperdício muito fáceis de fazer.

#5 Cenouras estaladiças? Sim, por favor
Sabemos de um truque muito simples para deixar as cenouras estaladiças como no primeiro dia. Deve cortá-las e deixá-las num frasco com água (também pode adicionar umas gotas de vinagre). Coloque o frasco no frigorífico e não se esqueça de repor a água sempre que esta ficar turva.

#6 Batatas com uma vida longa
Sim, é possível. Antes de mais, é necessário proteger as batatas da luz para evitar que fiquem verdes e impróprias para consumo. Se quiser evitar que germinem, pode guardar as batatas junto a uma maçã, para que atrase o seu amadurecimento. Apesar de as maçãs libertarem um gás chamado etileno que acelera o processo de amadurecimento do resto das frutas e legumes que as rodeiam, a nossa dica é juntar uma maçã (que não esteja madura) às batatas para que estas se mantenham frescas durante mais tempo.

Too Good To Go