Portimão | 27º Festival da Sardinha na Zona Ribeirinha

0
1220
Festival-Sardinha-Portimão-2

A melhor sardinha assada no prato e no pão, mais um dia de festival, acesso livre, grandes nomes da música portuguesa e a recriação da tradicional descarga da sardinha são os principais ingredientes na edição deste ano.

Entre 1 e 6 de agosto, a zona ribeirinha de Portimão volta a atrair as atenções em mais uma edição do Festival da Sardinha, um dos maiores eventos gastronómicos do Algarve e que no ano passado bateu todos os máximos de afluência, com 110 mil entradas.

Depois de 2019 e 2022, a partir das 17h00 do dia 1 de agosto o início do 27.º Festival da Sardinha vai ser marcado pela recriação histórica da tradicional descarga que, até há quatro décadas, era uma atividade muito pitoresca na zona ribeirinha de Portimão, e que se perdeu quando o porto de pesca transitou para a margem oposta do Rio Arade.

Associações locais e voluntários dinamizarão a recriação deste ano, com trajes, dizeres e meios de transporte da época, sendo de referir que esta reconstituição histórica mereceu em 2020 uma menção honrosa pela APOM – Associação Portuguesa de Museologia, na categoria “Inovação e Criatividade”.

Por ocasião desta recriação da tradicional da descarga à canastra da sardinha no cais da cidade, serão ofertadas senhas de degustação gratuita de duas sardinhas no pão e bebida no recinto do festival, a levantar nas entradas do recinto do festival, e a usufruir de 1 a 5 de agosto num dos espaços de restauração dinamizados pelo associativismo local.

Onde a sardinha é rainha

Pitéu por excelência do verão, é nesta altura que a sardinha, ex-libris da gastronomia portimonense, está mais saborosa, o que inspirou em 1985 a realização do primeiro festival, que se tornou um dos mais populares eventos ‘âncora’ do Município de Portimão, tanto a nível nacional como internacional e que atrai à cidade milhares de visitantes, sempre na primeira quinzena de agosto.

Vão ser seis dias recheados de animação para todas as idades, com muita música, artesanato e inúmeros motivos de interesse, nos quais a melhor sardinha assada, a verdadeira rainha da festa, poderá ser degustada no prato ou no pão num dos cinco pavilhões montados no recinto e assegurados por coletividades e associações desportivas e culturais de Portimão, ou nos sete restaurantes da zona que aderem ao evento, não faltando outros petiscos para satisfazer todos os gostos, rematados com o melhor da doçaria local.

O “Prato Festival”, que inclui cinco sardinhas assadas, pão, batata cozida e a refrescante salada à algarvia, terá o valor fixo de 10,50 euros, sem bebida.

Referência especial para os expositores presentes com originais e tentadoras propostas, dos bolos e licores regionais até aos petiscos alternativos à sardinha assada, sem esquecer os bordados personalizados, ourivesaria, bijuteria, artigos têxteis, calçado, velas artesanais e muito mais, estando a listagem completa disponível no site oficial do evento.

Música para todos os gostos

Eleito em 2022 melhor evento gastronómico de verão na Europa pela Big 7 Travel e candidato já em 2023 à categoria evento do ano nos Prémios AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, o festival voltará a ser marcado pela animação musical, com quatro palcos distribuídos pela zona ribeirinha: “Música no Jardim” (Jardim 1.º de Dezembro), “Música no Coreto” (Coreto da Praça Manuel Teixeira Gomes), “Palco Sardinha” (junto à área de restauração do festival) e “Palco Principal” (concertos com artistas de nomeada).

Enquanto os três primeiros palcos serão dinamizados em parceria com artistas e grupos nacionais, regionais e locais, o “Palco Principal” terá nesta edição o seguinte alinhamento, com espetáculos marcados para as 22h00: Carlão (dia 1), Áurea (2), André Sardet (3), Virgul (4), Cuca Roseta (5) e Tony Carreira (6).

Evento gastronómico sustentável

Este ano, o festival voltará a ser oficialmente um evento gastronómico sustentável, fruto do compromisso estabelecido entre a Câmara de Portimão e a EMARP – Empresa Municipal de Águas e Resíduos de Portimão, no sentido de reduzir os impactos ambientais, tendo em 2022 sido recolhidos 1600 Kg de resíduos orgânicos/restos de comida, posteriormente transformados em fertilizante natural, verificando-se também a separação seletiva dos plásticos e do papel, para reciclagem.

Para além da separação da matéria orgânica, foi igualmente assegurada a correta gestão dos resíduos recicláveis e recolhidos 610 kg de papel/cartão, 770 kg de embalagens e 100 kg de vidro.

Entre as principais medidas adotadas, merece destaque a implementação do copo oficial do Festival, em material ecológico e reutilizável, que pode ser adquirido junto às entradas do recinto pelo valor de um euro, além da utilização de pratos e talheres em materiais sustentáveis, sendo ainda colocados ao longo do recinto vários ecopontos e sinalética de sensibilização, e promovidas e divulgadas iniciativas de caráter ambiental.

Cada copo poderá ser devolvido para devida lavagem/troca por um novo de forma gratuita, com a devolução do seu custo caso o comprador não o pretenda levar para casa, de forma a evitar o desperdício.

Faz igualmente parte desta estratégia a realização/implementação de ações de formação e sensibilização direcionadas aos produtores de resíduos (restaurantes e agroalimentares) e aos voluntários que colaboram na recolha dos tabuleiros das mesas e na separação do lixo.

Espaço lounge com vista para o rio

Uma das inovações na passada edição, o espaço lounge estará de regresso, proporcionando um ambiente calmo e aprazível com vista privilegiada para o Rio Arade, e onde os visitantes poderão descontrair e socializar, fazer uma pausa, tirar fotografias ou contactar com o Município de Portimão através do ponto de informação situado no local.

Evento inclusivo e atento às necessidades, serão instalados no recinto contentores wc com eletricidade, água e esgotos, adaptados para pessoas com mobilidade, e espaço de fraldário.

Organizada pela Câmara Municipal de Portimão, a festa conta com as parcerias da APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve, Junta de Freguesia de Portimão e EMARP, os patrocínios da Delta e da Socialgar Seguros, os apoios do Turismo do Algarve, Continente, Sagres e Licor Beirão, e os parceiros média Alvor FM e Portimão Jornal, enquanto a Comercial vai ser a rádio oficial.

De entrada livre, as portas do 27º Festival da Sardinha abrem diariamente às 18h00 e encerram às 24h00, podendo ser consultadas informações complementares em www.festivaldasardinha.pt

CM Portimão