Securitas Direct | Assaltos a Empresas aumentaram 9% no primeiro semestre de 2023

0
263
Securitas-Direct-Logotipo
  • Lojas e restaurantes são os negócios com mais incidentes registados, segundo o Barómetro da Securitas Direct.
  • Período entre as 3h e as 4h é a hora com mais tentativas de assaltos a negócios.
  • Lisboa, Porto e Setúbal são os distritos com maior registo de ocorrências.

Assaltos e tentativas de assalto a empresas aumentaram 9% nos primeiros seis meses de 2023, face ao mesmo período de 2022. Esta é uma das conclusões do Barómetro de segurança da Securitas Direct, de janeiro a junho de 2023, tendo em conta o número de incidências (disparos reais dos alarmes e intrusões) registadas pela Central Recetora de Alarmes da empresa que gere, em Portugal, mais de 1 milhão de dispositivos e permanece ativa 24 horas por dia, 365 dias por ano.

O barómetro da Securitas Direct, aponta os pequenos negócios – lojas e restaurantes – como os principais alvos ao registarem cerca de seis em cada 10 tentativas (56%) de roubo ou intrusão no setor de negócios. Já as empresas registaram 30% das incidências e a indústria apenas 14%.

Junho de 2023 foi o mês com mais ocorrências neste primeiro semestre, tendo registado mais 35% de incidentes face ao mesmo período de 2023. Ainda segundo este Barómetro, a maioria dos assaltos e tentativas de assalto a negócios até ao final de junho de 2023 ocorreram entre as 3h e as 4h da manhã. Lisboa (31%), Porto (19%) e Setúbal (11%) são os distritos com maior percentagem de roubos ou tentativas de roubo no primeiro semestre deste ano, de acordo com o barómetro da empresa líder na proteção de pessoas e pequenos negócios. Segunda-feira foi o dia com mais tentativas de roubo em negócios, enquanto a quarta-feira foi o dia com menos registo de incidentes.

“É no comércio que existe uma maior circulação de dinheiro e de produtos facilmente monetizáveis, o que justifica que este tipo de negócios tenha maior potencial de ser alvo de assaltos e tentativas de assalto. Por outro lado, sabemos que os assaltantes privilegiam as intrusões nas horas de descanso e nos momentos em que os negócios estão desocupados, o que explica também que as intrusões sejam maioritariamente feitas durante a noite”, explica Luís Quintino, Diretor de Operações da Securitas Direct em Portugal. “Estando neste momento num período de férias, em que é normal que muitos negócios tenham menos recursos humanos em atividade e em que algumas empresas chegam mesmo a encerrar a atividade temporariamente, é essencial que exista uma aposta em elementos eletrónicos dissuasores, tais como um alarme ou um sistema de videovigilância ligado a uma central de alarmes.”

A Securitas Direct é a única empresa do mundo 100% especializada em sistemas de alarmes conectados e mantém o seu compromisso de colaboração e apoio ao trabalho desenvolvido pelas Forças e Serviços de Segurança em todo o território nacional.