Faro´23 | XXVI ACNAC

0
970

Realizou-se no domingo, dia 13 de agosto, o 26.º Acampamento Nacional dos Escoteiros de Portugal, que decorreu de 13 a 19 de agosto, em Faro, um ecoevento que pretendeu ser um exemplo através da adoção de práticas ambientais responsáveis, que foram desde a utilização de detergentes biodegradáveis, separação de lixo e utilização de garrafas reutilizáveis.

Mais de 2 500 Escoteiros, de várias regiões do país, estiveram neste encontro que pretendeu promover a importância da sustentabilidade no mundo atual e a importância da construção de uma sociedade mais equilibrada, recorrendo à educação ambiental como meio para sensibilizar os participantes e toda a comunidade envolvente. Com o mote “Envolve-te, não deixes ninguém para trás”, este acampamento pretendeu dar destaque a um conjunto de prioridades e aspirações acordadas entre a maioria dos países da Organização das Nações Unidas: os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Os jovens escoteiros, para além das habituais aventuras, como desportos radicais, desportos aquáticos, corridas com carrinhos de rolamento, caminhadas, entre outros, realizaram também trabalho comunitário na região. Todas as atividades, desde jogos, raids, construções, entre outras, foram pensadas de modo a garantir o respeito pelo planeta, respeitando os seus recursos e ecossistemas. A edição deste ano coincideu com a celebração dos 110 anos da AEP e o objetivo foi o de aproveitar o encontro para alertar os jovens para a importância da construção de uma sociedade mais equilibrada, equitativa, verdadeira e justa, colocando o tema da sustentabilidade em destaque. O ACNAC foi assim mais um acampamento nacional de escoteiros, a maior e mais diversa atividade escotista em Portugal.