DeVIR na Horta da Areia | Audio Walk, Colóquio, Teatro e Livro marcam Fim de Projeto de Inclusão

0
880
DeVIR-Horta-da-Areia

Um audio walk que começa num teatro e acaba em festa num bairro social, uma peça de Teatro com mulheres que vivem nesse bairro degradado e com outras que habitam em Faro, um colóquio sobre INCLUSÃO e o lançamento de uma publicação que resume os três anos do projeto colaborativo DeVIR na Horta da Areia, assinalam a sua conclusão, entre 14 de outubro e 9 de dezembro.

DeVIR na Horta da Areia é um projeto que envolve um grupo de mulheres portuguesas ciganas que vivem no bairro da Horta da Areia e mulheres que frequentam regularmente o CAPa, Centro de Artes Performativas do Algarve.

Desenvolvido no âmbito do Programa PARTIS & Art for Change da Fundação Calouste Gulbenkian e da Fundação “la Caixa”, resulta de uma parceria entre a DeVIR, associação de atividades culturais, a Fundação Vítor Reis Morais / Centro Comunitário da Horta da Areia e a Câmara Municipal de Faro.

A 14 e 15 de outubro acontece o AUDIO WALK Travessia, uma caminhada dividida em sete estações, que compreende uma viagem de barco na Ria Formosa e termina em festa, com um concerto, por um grupo de músicos de etnia cigana. Trata-se de uma criação participativa dirigida pelos atores Miguel Ponte, Nuno Preto e Teresa Vaz, que percorre a cidade de Faro e os contextos dos dois grupos de mulheres envolvidos no projeto.

A 6 de dezembro, no Campus da Penha da Universidade do Algarve, realiza-se o colóquio INCLUSÃO, um momento em que se confrontam as expectativas de todos os envolvidos com o que o projeto efetivamente conquistou e com o lastro que poderá deixar. Este é, sobretudo, um momento de partilha com a comunidade e com a cidade sobre o desenrolar destes três anos de trabalho.

A assinalar a etapa final de DeVIR na Horta da Areia, a reposição do espetáculo de teatro TRAVESSIA, a 9 de dezembro, no CAPa, Centro de Artes Performativas do Algarve.

Resultando de uma criação participativa com origem em práticas artísticas para a inclusão social, desenvolvida por 23 mulheres, TRAVESSIA é um espetáculo multimédia, com encenação de Pedro Alves, no qual se cruzam o teatro e a dança, o cinema e a música, a literatura e as artes visuais.

Nesta mesma ocasião será lançada a publicação DeVIR na Horta da Areia, o registo de um percurso de três anos de trabalho, que poderá servir como um instrumento de consulta para quem queira desenvolver projetos colaborativos que cruzem o social e o artístico.

DeVIR CAPa