APAV | Relatório de Atividade na JMJ Lisboa 2023

0
911
Relatório-APAV-JMJ

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) divulga o relatório sobre os resultados das ações desenvolvidas na preparação e realização da Jornada Mundial da Juventude, que decorreu em Portugal entre os dias 1 e 6 de agosto.

No âmbito do protocolo assinado, a 2 de março de 2023, a Fundação JMJ e a APAV trabalharam em conjunto naquele que a Associação considera ter sido “um passo inovador na história dos grandes eventos” e que tornou as duas organizações “pioneiras” ao colocar, pela primeira vez, “o foco na vítima de crime ao nível do planeamento, abrindo assim caminho a que esta dimensão se converta em parte integrante da estratégia de segurança de eventos futuros em Portugal e no Mundo”.

Aliás, este pioneirismo terá “despertado o interesse de congéneres internacionais” da APAV, que faz um “balanço extremamente positivo” desta iniciativa de colaboração conjunta.

Dos resultados obtidos ao longo das semanas de preparação e, mais tarde, de realização da Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023, destacam-se os seguintes aspetos:

Prevenção

  • Criação de dois manuais de boas práticas em português e inglês, descarregado na aplicação da JMJ dos peregrinos;
  • Site específico nas cinco línguas oficiais da JMJ, com informação sobre apoio e prevenção de abusos: 15 122 visualizações (77% dos quais em português);
  • Ações de formação para colaboradores, voluntários, chefes de equipa (em versão presencial e online) — que abrangeram 24 443 formandos.

Ação no terreno

  • Redes sociais da APAV fizeram 36 publicações sobre a JMJ, com uma média de 1 033 visualizações por post;
  • 9 membros das equipas da APAV estiveram no terreno nos dias da JMJ, nos espaços dos eventos centrais, percorrendo 840 km, numa média de 8,5 km/dia por colaborador presente;
  • Equipas móveis da APAV marcaram presença nas dioceses de acolhimento de Setúbal e Santarém, não tendo registado qualquer pedido de apoio;
  • Nos dias da JMJ, a APAV realizou 50 atendimentos presenciais, telefónicos e por correio eletrónico;
  • No total foram recebidos 30 pedidos de apoio, sendo que 12 dos quais (40%) não se referiam a suspeita da prática de quaisquer crimes;
  • 60% dos pedidos de apoio (18 situações) reportaram suspeitas de crime:
    • 5 casos de burla (16,7%);
    • 4 furtos (13,3%);
    • 4 suspeitas de tráfico de pessoas (13,3%), que aconteceram já depois da JMJ ter terminado e foram comunicadas à PJ;
    • 3 casos de importunação sexual (10%);
    • 2 casos de coação/assédio (6,7%).

Sobre a APAV

A APAV é uma instituição particular de solidariedade social (IPSS), pessoa coletiva de utilidade pública, que tem como objetivo estatutário promover e contribuir para a informação, proteção e apoio às pessoas vítimas de crime e violência. É, em suma, uma organização sem fins lucrativos e de voluntariado, que apoia, de forma individualizada, qualificada e humanizada, vítimas de crimes, através da prestação de serviços gratuitos e confidenciais.
Fundada a 25 de junho de 1990, conta atualmente com 75 serviços de proximidade ao longo do território nacional e à distância. A APAV tem apostado desde sempre nas parcerias para o apoio à vítima, na capacidade de estabelecer laços de cooperação com as mais diversas instituições públicas, do setor social e privadas, traduzidos em parcerias de cooperação institucional formais e informais a nível local, regional e nacional. Igualmente, as parcerias internacionais são muito importantes para o cumprimento da nossa missão.

Sobre a JMJ

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ), um encontro dos jovens de todo o mundo com o Papa, foi instituída por São João Paulo II, em 1985, e, desde então, tem sido um momento de encontro e partilha para milhões de pessoas por todo o mundo.
A primeira edição aconteceu em 1986, em Roma, e desde então a JMJ já passou pelas seguintes cidades: Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016) e Panamá (2019). No dia 27 de janeiro de 2019, na conclusão da Jornada Mundial da Juventude na cidade do Panamá, foi anunciado que a escolha do Papa Francisco para seguinte edição da Jornada Mundial a Juventude seria Lisboa. A JMJ Lisboa 2023 decorreu entre os dias 1 e 6 e agosto de 2023, sob o tema “Maria levantou-se e partiu apressadamente” – Lc 1, 39.

APAV