Ténis | Jaime Faria é o Terceiro Português na segunda ronda

0
117
Ténis-Khumoyun-Sultanov

Jaime Faria precisou somente de 69 minutos para ultrapassar a primeira ronda do 4.º Open Internacional de Ténis de Vila Real de Santo António. O atleta do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis e actual 390.º no ranking ATP eliminou o qualifyer luxemburguês Raphael Calzi (1678.º), por 6-2, 6-0, e juntou-se aos compatriotas Duarte Vale (585.º) e Tiago Pereira (734.º) na segunda eliminatória do quadro principal.

Depois de ganhar dois encontros no Challenger 50 de Oeiras, Jaime Faria voltou às vitórias na segunda semana em que compete em Vila Real de Santo António. “Foi um jogo bem conseguido do início ao fim, consegui impor aquilo que tinha preparado, ser agressivo. É claro que só tinha competido na semana passada, perdi na primeira ronda, mas consegui ao longo do jogo ganhar confiança. Estes torneios do Algarve são sempre duros, mas sei disso. Sinto-me preparado, este ano mais do que nunca, comecei bem nos ‘indoor’ do Jamor e agora quero dar continuidade aqui no Algarve e ganhar o máximo de pontos possíveis”, afirmou o cabeça de série n.º5.

O adversário desta quinta-feira é o colombiano Johan Alexander Rodriguez Rodriguez (660.º). “Joguei com ele nos juniores, no Equador, já passaram dois, três anos. Joga bem, está soltinho, tenho estado a par do que tem feito, tem estado a melhorar e é sempre um adversário complicado”, lembrou.

À tarde, Jaime Faria voltou ao court para emparceirar com João Domingues e somou mais uma vitória, sobre a dupla italiana Daniele Capecchi/Gabriele Piraino, por 6-3, 6-2. “Dou muita importância aos pares, quero subir o ranking, ter mais horas nas pernas, mais pontos decisivos e mais pontos importantes para jogar, porque dá bagagem para os singulares. Na semana passada, eu e o João fizemos meia-final e, esta semana, ambicionamos mais, queremos um título, mas vamos jogo a jogo”, adiantou Faria.

Já afastados foram Pedro Araújo, Francisco Rocha e Rodrigo Fernandes. Araújo (850.º) passou ao lado do encontro com o costa-marfinense Eliakim Coulibaly (451.º), que venceu por 6-2, 6-1. Rocha (934.º) perdeu, por 6-2, 6-2, com o russo Yaroslav Demin (817.º) – que irá agora defrontar o uzbeque Khumoyun Sultanov (354.º), vice-campeão, no domingo, no 3.º Open Internacional de Ténis de Vila Real de Santo António. Por seu lado, Fernandes (1192.º) foi eliminado pelo brasileiro João Eduardo Schiessl (869.º) em duas horas de jogo, pelos parciais de 7-6 (7/5), 6-4.

Pedro Araújo redimiu-se nos pares com uma vitória ao lado do finlandês Eero Vasa, sobre Tiago Pereira – seu parceiro na semana anterior – e o búlgaro Alexander Donski, por 7-5, 3-6 e 10-3.

Menos sorte tiveram as duplas Rodrigo Fernandes/Gonçalo Falcão, Francisco Rocha/Duarte Vale e Diogo Marques/Martim Simões, vice-campeões de pares no 3.º Open Internacional de Ténis

O 4.º Open Internacional de Ténis de Vila Real de Santo António é uma prova do ITF World Tennis Tour, organizada com o apoio da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António e distribui um prize-money total de 25 mil dólares.

Clube Ténis VRSA

Clube-Ténis-VRSA