Portimão | Município assinala o Dia Internacional da Mulher com Atividades para todas

0
84
Portimão-Dia-Mulher

Em homenagem a todas as mulheres, o Município de Portimão preparou um programa de atividades que irão marcar a data de 8 de março, Dia Internacional da Mulher, aberto à participação de todos os interessados.

O dia começa com uma proposta de atividade física, no âmbito do Programa Exercício & Saúde, que terá lugar entre as 9h30 e as 10h10 no Largo 1.º de Maio, em frente ao edifício dos Paços do Concelho de Portimão.

A partir das 10h30, a Casa Manuel Teixeira Gomes recebe o workshop “Linguagem no Feminino”, promovido pela Associação XIS e dirigido a técnicas das instituições e associações do concelho, que, sob o mote “Pontos e vírgulas nos direitos de todos que são apenas de alguns”, visa derrubar preconceitos e estereótipos, através de objetos facilmente associados ao universo feminino.

Está agendado para as 15h00 na Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes o debate “Saúde no Feminino”, onde serão abordados temas como a Síndrome de Burnout por Marina Carvalho, psicóloga no CHUA, a maternidade por Catarina Nunes, coordenadora da delegação de Portimão do MAPS – Movimento de Apoio à Problemática da Sida e apresentado o “Projeto D’Ela – Estudos, Literacia e Atendimento da Mulher ao Longo da Vida” por Inês Conceição, psicóloga clínica no Belong – Instituto de Desenvolvimento e Saúde. 

Os dois encontros são de participação gratuita e destinam-se a todos os interessados pelas matérias em debate, nomeadamente técnicas das instituições e associações do concelho.

Pelas 18h00, será apresentado no mesmo espaço cultural o livro “As mulheres fortes também choram”, pela autora Isabel Baia Marques.

Segundo a sinopse, trata-se de uma “obra de superação na primeira pessoa, que aborda a importância da vulnerabilidade, das emoções, da humanidade, mostrando quão importante é sermos reais, podermos não estar sempre bem, sentirmos, vivermos, escutarmos e aprendermos com a nossa dor. “

Isabel Baía Marques é natural de Lisboa, onde nasceu em 1987, e tem como propósito fazer das suas palavras “um género de lanternas que iluminam o caminho de quem as lê”, assumindo-se “uma apaixonada pelo mundo das emoções e da mente humana.”

Ciclo de encontros mensais, as Conversas no Hospital São Camilo de 8 de março inspiram-se na efeméride do dia e terão como tema a “Saúde na Mulher”, sendo oradoras a Dr.ª Gabriela Valadas, cirurgiã especialista em mama, e a Dr.ª Cátia Paixão, ginecologista.

Neste espaço de partilha e aprendizagem são desmistificados temas médicos atuais, aproximando a comunidade dos especialistas. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site www.scmportimao.pt

Envolvimento dos centros de convívio sénior e centros comunitários

Por seu turno, os Centros de Convívio Sénior (CCS) do município têm agendadas atividades dirigidas às utentes no âmbito do Dia da Mulher, entre as quais um serviço de manicure e cabeleiro e almoço convívio (CCS da Aldeia das Sobreiras) e a confeção de filhós e oferta de uma flor a cada utente (CCS de Portimão), bem como a visualização do filme “A Clandestina”, em exibição neste dia nos Cinemas de Portimão.

A efeméride não passará despercebido nos bairros camarários e, além da tarde de convívio com lanche, sessão fotográfica e maquilhagem, a realizar a 6 de março no Centro Comunitário da Cruz da Parteira, terá lugar no Dia Internacional da Mulher um almoço convívio com entrega de lembranças elaboradas nos centros comunitários da cidade, sendo ambas as iniciativas destinadas às residentes nos bairros camarários de Portimão.

Plano Municipal para a Igualdade e Não Discriminação

Inspirado na máxima “Portimão, Somos Igualdade” e terminado o II Plano Municipal para a Igualdade e Não Discriminação em 2023, perspetiva-se para breve um terceiro plano, reforçando ações de promoção da igualdade de género e consciencializando todos os que vivem ou trabalham no concelho para questões como a linguagem, a parentalidade, os direitos laborais, o combate aos estereótipos e, sobretudo, o respeito por cada um.

O documento resultará do processo de reformulação integrado na Estratégia Nacional para a Igualdade e Não Discriminação “Portugal + Igual” 2018-2030, constituindo uma ferramenta transversal onde se defende que todas as pessoas possam aceder aos mesmos recursos, serviços e oportunidades, para evitar qualquer tipo de discriminação por razões de género.

No âmbito desta estratégia, e considerando que a conciliação entre a vida profissional, pessoal e familiar é fulcral numa participação plena e igualitária de mulheres e homens na sociedade, foi concedida no Dia Internacional da Mulher, a título simbólico, tolerância de ponto de uma hora às funcionárias do Município de Portimão, o mesmo sucedendo no masculino a 19 de março, Dia do Pai. 

CM Portimão