“Paixão de Cristo” em Pêra, cancelada devido à chuva

0
75

Depois de não mais se ter realizado desde 2018 devido à pandemia de Covid-19, a recriação da Paixão de Cristo, levada a cabo de dois em dois anos pela Comissão de Festas da paróquia de Pêra e pelo Centro Paroquial local, estava prevista regressar este ano àquela vila, mas devido à chuva, foi cancelada a recriação.

A iniciativa, que se assume como a maior do género a sul do Tejo e uma das maiores no país, contava com uma produção cada vez mais elaborada, atraindo milhares de pessoas no Domingo de Ramos (incluindo muitos estrangeiros) que não queriam perder um acontecimento que marca também bianualmente a celebração da Semana Santa no Algarve.

Face à chuva que ocorreu no Algarve, ainda deslocou várias dezenas de pessoas do Largo 25 de Abril, próximo da igreja de São Francisco, para o Centro Paroquial local, aonde ainda se equacionou realizar a recriação da Última Ceia com os discípulos. A dramatização dos últimos momentos da vida terrena de Jesus continuaria depois no cenário do Monte das Oliveiras, com o interrogatório do sumo-sacerdote Caifás, com o “julgamento” por Pilatos no pretório e com a flagelação executada pelos soldados, com o encontro com a sua mãe, até à crucificação e à ressurreição, o acontecimento maior da fé cristã.

Fica a promessa de que esta recriação volte para o ano (2025) e que se consiga realizar o evento, já sem chuva.