Fortaleza de Sagres | Comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios com realização de Seminário

0
621
Fortaleza-Sagres

Associando-se às comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios (DIMS)dia 18 de abril, a Fortaleza de Sagres propõe este ano a realização do Seminário «Educação para o Património Cultural e Turismo Sustentável», destinado a professores e a técnicos das áreas da cultura, educação e turismo das autarquias e de outras entidades. Conta com a participação de Alexandra Rodrigues Gonçalves, Professora Adjunta da Universidade do Algarve, Diretora da Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo, de Pedro Gago, Técnico Superior da Unidade de Cultura da CCDR Algarve, I.P. e Ana Sousa, Técnica Superior da Fortaleza de Sagres.

O DIMS 2024 tem como tema orientador “Catástrofes e conflitos à luz da carta de Veneza”. A Carta Internacional para a Conservação e Restauro de Monumentos ou Carta de Veneza celebra 60 anos em 2024, mas continua a revelar a sua contemporaneidade e a ser um dos documentos estruturantes na conservação do património e dos monumentos históricos. Este seminário refletirá ainda sobre o valor da devolução, tantas vezes esquecido, aquele que conduz à apropriação do património pela comunidade, o garante para a sua salvaguarda e legado às gerações futuras.

Temas como a expansão da noção de património cultural, “novo património”, arquitetura rural, paisagística, jardins históricos, património industrial, património imaterial serão também aqui discutidos, bem como questões atuais colocadas às comunidades na seleção de bens e na preservação ou na definição de novos modelos de gestão do património. Na realidade, as comunidades assumem atualmente um papel determinante no desenvolvimento de projetos culturais e de requalificação do património, e a educação e mediação cultural podem ser determinantes na salvaguarda do património cultural.

Propõe-se ainda refletir sobre a ligação património cultural à educação e criar a oportunidade das escolas e agrupamentos estabelecerem diálogos entre o património e o ambiente (alterações climáticas, sustentabilidade e impacto das atividades culturais).

Alinhado com esta perspetiva, será apresentado o Programa Fortaleza Educativa pelo Serviço Educativo e de Mediação Cultural da Fortaleza, numa abordagem que enfatiza o questionamento, a experimentação, a criatividade e a busca por soluções inovadoras, com a utilização sustentada das ferramentas digitais, de que é exemplo o lançamento online do Programa Fortaleza Educativa no formato flipbook.

A apresentação destas temáticas obedecerá à seguinte programação:

16H30: Boas Vindas, Luciano Rafael, Diretor da Fortaleza de Sagres.

16H40: “De Veneza a Faro: autenticidade, identidade e devolução”, Pedro Gago, Conservador-restaurador da CCDR Algarve, I.P.

17H10: “Património Cultural, Educação e Turismo Sustentável”, Alexandra Rodrigues Gonçalves, Diretora da Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo da Universidade do Algarve.

17H50: Pausa.

18H05: Apresentação do Programa Fortaleza Educativa com lançamento de flipbook, Ana Sousa, Serviço Educativo e de Mediação Cultural da Fortaleza de Sagres.

18H45: Debate.

19H00: Visita ao Centro Expositivo da Fortaleza de Sagres, Conceição Barão e Ana Sousa, Serviço Educativo e de Mediação Cultural da Fortaleza de Sagres.

19H30: Encerramento.

Inscrições até 15 de abril, na Plataforma Digital de Gestão do CFAE Rui Grácio, no seguinte link: https://www.centroruigracio.cfae.pt

Esta iniciativa é organizada pela Fortaleza de Sagres, em parceria com o Centro de Formação Rui Grácio (Lagos) e conta com o apoio da Universidade do Algarve e da CCDR Algarve, I.P. – Unidade de Cultura.

FS