MP Faro | Prisão Preventiva para homem indiciado pelos crimes de homicídio qualificado ocorridos em Albufeira

0
48
Tribunal-Albufeira

No passado dia 12 de abril, o Ministério Público apresentou a primeiro interrogatório judicial, um homem de 40 anos de idade, detido por fortes indícios da prática de um crime de homicídio qualificado e de omissão de auxílio, ocorridos em Albufeira, em setembro de 2019.

Os factos tiveram lugar numa fábrica de bolas de Berlim, à qual o detido se deslocou, com o objetivo de fazer suas as quantias que encontrasse. No local, ao deparar-se com o proprietário da fábrica, o detido agrediu-o na face e na zona do pescoço, a soco e com recurso a uma faca. Posteriormente, amarrou e amordaçou o empresário com fita adesiva, impedindo, assim, que respirasse, ocasionando-lhe a morte.

O detido abandonou o local levando 16 000,00€.

No interrogatório, o Procurador da República requereu a prisão preventiva do detido, o que foi confirmado pelo juiz de Instrução Criminal.

O inquérito é dirigido pelo Ministério Público de Albufeira, com a coadjuvação da Polícia Judiciária.